Indígenas realizam marcha pela educação em Manaus

By -

ESCOLA CECI

Dar visibilidade à realidade da educação escolar indígena no Amazonas e alertar as autoridades para as consequências do abandono das escolas nas aldeias são os principais objetivos da 1ª Marcha pela Educação Indígena no Amazonas. O evento acontece nesta quarta (17) e quinta-feira (18) e é promovido pelo Fórum de Educação Escolar Indígena do Amazonas (Foreeia). Cerca de 300 lideranças indígenas de várias regiões do Estado participarão das atividades.

A programação começa na quarta-feira, a partir das oito horas no Parque do Mindu, com exposições sobre o  cenário da Educação Escolar Indígena no Amazonas. Na quinta-feira os indígenas farão uma caminhada a partir das sete horas do Centro Cultural Povos da Amazônia em direção à Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), no Polo Industrial, depois até a Secretaria de Estado da Educação e Cultural (Seduc), Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

Abandono escolar

indio blog

Para os dirigentes dos órgãos a serem visitados, as lideranças do movimento pretendem protocolar documentos com propostas para serem implantadas nas aldeias. Desde 1988 o movimento indígena do Amazonas vem discutindo propostas para a viabilização da educação escolar nas aldeias tendo como base o dispositivo constitucional que lhe assegura a educação diferenciada. Muitas dessas propostas já foram levadas ao conhecimento dos gestores públicos, mas ainda não estão sendo praticadas.

Os indígenas tem denunciado o abandono da educação escolar pela falta da estrutura necessária e a não contratação dos professores indígenas, muitos dos quais já capacitados pelos processos de formação desenvolvidos pelas universidades públicas do Amazonas. ( CIMI)

Mario Dantas