IFAM anuncia novos cursos técnicos gratuitos em Manacapuru

By -
Segundo Francisco Mendes, as parcerias têm sido fundamentais para os cursos de extensão

Segundo Francisco Mendes, as parcerias têm sido fundamentais para os cursos de extensão

Da Redação – O Instituto Federal Amazonas (IFAM) anuncia novos cursos gratuitos e instalações reformadas (Campus) para o próximo ano de 2017, a declaração foi feita na quinta-feira (10) pelo diretor, Prof. Francisco Mendes, durante o I Encuentro de Hispanohablantes no município de Manacapuru.

Segundo o diretor do Ifam “no ano de 2015 foram ofertados cursos técnicos subsequentes de administração e informática e no ano de 2016 houve quatro turmas, temos 15 professores e 12 administrativos e a reforma das nossas instalações será concluída para o próximo ano 2017”. 

O Ifam oferece cursos técnico integrado: recursos pesqueiros com duração de três anos onde o professional de nível médio estará habilitado a desempenhar atividades como o cultivo, manejo e comercialização de organismos aquáticos, bem como atividades de pesca extrativa em aguas continentais entre outras. Outros cursos oferecidos são de técnico subsequente: administração; secretariado e informática. 

ifam-manacapuru-1Desenvolvimento e riquezas 

“Os recursos são do Governo Federal e o trabalho realizado em parceria com a Prefeitura de Manacapuru. As tarefas de ensino, pesquisa e extensão são importantes para o desenvolvimento do município e as atividades são realizadas junto à comunidade“, salientou o diretor da instituição. 

Informou ainda que a parceria com a Prefeitura de Manacapuru é a através de algumas Secretarias e também com a UEA, SENAC, SESC, Corpo de Bombeiros e 9º Batalhão. Os cursos de extensão (inglês, francês e espanhol) têm sido fundamental para a comunidade devido à quantidade de habitantes especialmente de fala hispânica e os cursos a distância têm beneficiado várias outras comunidades próximas. 

O diretor do Ifam destacou também a importância do desenvolvimento deste município visto o perfil voltado para a piscicultura principalmente sendo muito abastecida de agua (rios Solimões, Negro, Manacapuru e lagos), riquezas do minério (calcário e outros) e o Polo ceramista. Disse que se pretende no futuro trabalhar também com cooperativas e outras Associações para gerar empregos diretos e indiretos. (Mercedes Guzmán)

Roberto Brasil