Hospital Sírio Libanês divulga relatório sobre saúde de Amazonino Mendes

By -

Amazonino Mendes

O ex-governador do Amazonas Amazonino Mendes (PDT), de 77 anos, foi submetido a um procedimento médico e está internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Amazonino passou por uma drenagem de abscesso perianal, feita pelo médico Raul Cutait.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Coloproctologia, o abscesso geralmente é causado por infecção de glândulas no canal anal. A drenagem corrige uma secreção formada nesse abcesso.

No ano passado, Amazonino havia sido internado em Manaus com pneumonia. No seu último ano como prefeito de Manaus, em 2012, o político passou por uma cirurgia cardíaca também no Sírio-Libanês, em São Paulo. Na ocasião, ele ficou internado por 27 dias.

Abscesso anal

O abscesso anal é uma cavidade em que se forma secreção purulenta (pus) na região anal ou vizinhança. Em geral, é causado pela infecção de pequenas glândulas existentes no canal anal.

Alguns abscessos podem também ser originados de uma fissura infectada, que consiste em uma ferida linear no canal anal, mas com alto potencial de desenvolver uma infecção local.

Existem causas menos comuns para o surgimento de um abscesso como, por exemplo, o ato de deglutir (engolir) alimentos sem mastigar, podendo levar fragmentos de ossos ou espinhas de peixe até o canal anal. Neste caso, estes fragmentos não são digeridos e passam pelo canal anal podendo gerar uma escoriação, perfuração, que provoca um abscesso e, tardiamente, pode dar lugar à fístula. O abscesso produz um quadro de sintomas relacionados à infecção. É comum a apresentação de dor (contínua e/ou latejante) e inchação na região que se apresenta quente e avermelhada. Também acompanham o quadro: febre, calafrios, cansaço, prostração e inapetência.

Tratamentos mais comuns para os abscessos anais

Os abscessos podem comprometer o estado geral do indivíduo e seu tratamento mais indicado é a drenagem cirúrgica associado à antibioticoterapia. Em alguns casos o abscesso se rompe e drena espontaneamente. O tratamento cirúrgico é realizado através de uma incisão que elimina as secreções, o que alivia em muito a dor provocada pela pressão existente dentro do abscesso. Os pequenos abscessos podem ser drenados sob anestesia local e os abscessos maiores e mais profundos podem necessitar internação hospitalar e a ajuda de um médico anestesista. Nestes casos também está indicada a administração de antibióticos, desta vez por via intravenosa porque se manifestam com mais gravidade. Pacientes portadores de diabetes, leucemia e outras doenças que levam à deficiência imunológica necessitam de cuidados especiais pela gravidade e rapidez com que a infecção pode evoluir.

Estado de saúde de Amazonino

A situação do ex-governador é estável e a cirurgia foi um sucesso, segundo informaram ao Portal, Amazonino logo estará de volta e pronto para, se desejar, disputar a eleição para o governo do Estado.

Amigos de Amazonino dizem que ele preferiu fazer logo o procedimento para se recuperar há tempo de ser candidato ao governo do Estado.

O certo é que – se de fato José Melo não conseguir reverter no STF a decisão do TSE, Amazonino é um grande nome para disputar o governo do Amazonas.

(DO OLM)

Roberto Brasil