Homem revoltado com demora em hospital coloca fogo na recepção

By -

O episódio aconteceu na noite de domingo (1º) e fez o hospital ser interditado por tempo indeterminado – Imagem: Reprodução/YouTube

Um homem revoltado com a demora no atendimento médico resolveu colocar fogo na recepção do Hospital Bruno Born, situado em Lajeado, no Rio do Sul. Segundo relatos de testemunhas que também aguardavam por atendimento na única unidade hospitalar do Vale do Taquari, o suspeito esperava pelo atendimento do filho pequeno há pelo menos duas horas. O incêndio provocado na noite do domingo (1) fez com que o hospital fosse interditado por tempo indeterminado, segundo o jornal Zero Hora.

Após reclamar da demora no atendimento, o pai da criança teria deixado as instalações do Bruno Born e retornado ao hospital com gasolina. Em seguida, pediu que as pessoas se afastassem do local e colocou fogo na recepção, conforme informou a Delegacia de Polícia em que o crime foi registrado.

Não houve feridos, apenas danos estruturais no prédio. Porém, a fumaça que se espalhou teria levado a equipe a remover os pacientes, alguns deles atendidos no local depois de inalar fumaça. O suspeito fugiu em seguida, mas já foi identificado pela polícia.

“Todos ainda estão muito abalados psicologicamente”, diz a nota publicada pelo Hospital Bruno Born, cuja área danificada passou por perícia na manhã desta segunda-feira (2). Com a alegada destruição da sala de recepção da unidade de atendimento, os serviços permanecem suspensos, prejudicando toda a região do Vale do Taquari. Os moradores foram orientados a se dirigir à Unidade de Pronto Atendimento de Lajeado ou a hospitais próximos.

Ainda na nota, a direção do hospital informou que o filho do autor do incêndio já havia recebido atendimento médico no mesmo dia, no hospital e na UPA, mesmo não apresentando quadro de urgência ou emergência. Com informações do Notícias ao Minuto.

Roberto Brasil