Homem leva esposa em trabalho de parto ao hospital e acaba agredido

By -

Mesmo alegando ter amparo na lei, Ronei foi covardemente agredido (Imagens: TV Tapajós)

Da Redação – Em Santarém, município do Pará, um homem chamado Ronei Araújo que acompanhava a esposa em trabalho de parto foi violentamente agredido no Pronto Socorro local, após ser impedido de entrar na unidade de saúde.

Segundo Ronei, tudo aconteceu quando tentava entrar com pertences da mãe e do bebê e foi barrados pelo funcionários, mesmo alegando ser um direito garantido pela Lei nº 11.108/2005. Ele então começou a gravar tudo com o celular. Nessa hora apareceu o porteiro tentando impedí-lo de fazer o registro e começou a agredi-lo com vários socos, tendo, inclusive, conseguido quebrar o nariz do pai revoltado.

A Polícia Militar foi acionada e Ronei foi conduzido até a 16ª Seccional de Polícia Civil para registrar a ocorrência.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que o episódio já está sendo apurado e que o PS “é porta aberta e preza pelo atendimento de qualidade”.

Roberto Brasil