Hissa Abrahão cobra explicações de empréstimo à socialite

By -
Dep. Hissa Abrahão

Dep. Hissa Abrahão

O deputado federal Hissa Abrahão (PPS) solicitou junto ao presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), que seja enviado Requerimento de Informação ao ministro da Fazenda, Joaquim Vieira Ferreira Levy, sobre o empréstimo de R$ 2,7 milhões à empresa Torke Empreendimentos, da apresentadora de TV e socialite, Valdirene Marchiori.

No fim da tarde de ontem, Hissa Abrahão, solicitou ainda que o documento seja enviado à direção nacional do Banco do Brasil para que justifique o motivo do empréstimo. O deputado questiona o crédito, uma vez que a favorecida, a socialite Valdirene Marchiori, era amiga do então presidente da instituição, Aldemir Bendine. “Antes da homologação da concessão do empréstimo à apresentadora Val Marchiori houve alguma contestação, ressalva, ou parecer contrário ao crédito por parte de algum setor ou funcionário do banco?”, questionou o deputado.

“Existe alguma possibilidade de conceder empréstimo à pessoa ou empresa com restrição ou incapacidade financeira? Se a resposta é positiva, então é uma prática comum do banco?”, completou.

O deputado amazonense indagou em seu requerimento se houve um possível tráfico de influência durante a transação. “Há indícios de que o empréstimo à apresentadora tenha sido liberado por determinação do então presidente do banco, Aldemir Bendine, que ignorou os requisitos exigidos em razão da amizade entre os dois”, indagou.

O empréstimo

O caso ocorreu em 2013, mas continua em pauta, pois o Ministério Público Federal (MPF) e o Tribunal de Contas da União (TCU) pediram que a Polícia Federal abrisse inquérito para apurar o caso. Diante disso, o deputado amazonense Hissa Abrahão, que é vice-líder do PPS no Congresso Nacional, exigiu ao Poder Legislativo que cumpra seu dever fiscalizador e obtenha informações sobre o caso.

Mario Dantas