Governo turco afirma ter 90% da situação sob controle

By -
Militares tentam derrubar Erdogan em noite violenta em Ancara e Istambul; desfecho é incerto

Militares tentam derrubar Erdogan em noite violenta em Ancara e Istambul; desfecho é incerto

Explosões, tiros e informações desencontradas marcaram a madrugada e a manhã de sábado, na Turquia, com o governo sendo alvo de uma tentativa de golpe militar organizada por “uma minoria no seio do Exército”, conforme classificou o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan. Confrontos fizeram 161 mortos e 1.440 feridos, declarou o primeiro-ministro Binali Yildirim. Mais de 2,8 mil militares foram presos.

O Ministério de Interior da Turquia, Efkan Ala, ordenou a destituição de cinco generais e 29 coronéis. Segundo o governo turco, a tentativa de golpe militar já está 90% sob controle na manhã deste sábado, embora alguns comandantes militares ainda sejam mantidos reféns pelos insurgentes.

Em pronunciamento pela TV estatal, que chegou a ser tomada, os insurgentes afirmaram ter tomado o poder para proteger a ordem democrática e a manutenção dos direitos humanos, e indicaram que o Estado de Direito seria prioridade. Segundo os militares rebeldes, as tradições seculares do país foram corroídas pelo governo de Erdogan, que tem adotado medidas autoritárias contra a liberdade de imprensa e perseguido jornalistas e juízes.

(Com Agências Internacionais)

Roberto Brasil