Governo do Amazonas recupera ponte do Tarumã

By -
A duplicação da pista está prevista no projeto do Anel Sul (Foto: Jamili Alves/G1 AM)

A duplicação da pista está prevista no projeto do Anel Sul

A antiga ponte situada na Estrada do Tarumã, na zona oeste de Manaus, que teve sua estrutura comprometida pela forte correnteza do igarapé em decorrências das chuvas e do tráfego constante de veículos pesados, já está em recuperação desde a tarde desta sexta-feira, 20 de fevereiro.

Técnicos da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) e da Construtora Etam, responsável pela obra, iniciaram, na sexta-feira, a demolição e retirada de entulhos para a verificação da laje de sustentação da ponte. Com mais de vinte anos de existência e construída sobre uma estrutura em gabião, a ponte não resistiu à força das águas pluviais e cedeu, obrigando sua total interdição.

A Secretária de Estado de Infraestrutura, Waldívia Alencar, explicou que a Seinfra está analisando duas opções de ação, sendo a primeira e mais rápida o reaproveitamento da estrutura atual, após avaliação da laje de concreto. “Se após esta avaliação for constatado que a estrutura pode ser reutilizada, a estrutura do gabião será reforçada e a laje será recolocada no lugar de forma provisória até que se proceda à duplicação da pista”.

A duplicação da pista está prevista no projeto do Anel Sul, que vai duplicar os 8 quilômetros da Estrada do Tarumã, desde o Café Joelza até a Avenida Santos Dumont, a Estrada do Aeroporto.

A segunda opção, segundo a titular da Seinfra, seria a colocação de pontes cedidas pelo Exército Brasileiro. Waldívia Alencar informou que o governador em exercício, Henrique Oliveira, determinou o contato com o Comando Militar da Amazônia – 12ª RM, para solicitar a estrutura. “As pontes utilizadas pelo Exército Brasileiro têm 14 metros de extensão e ficaria no local até a construção da ponte definitiva, que também será duplicada”, explicou Waldívia Alencar.

Em ambos os casos o prazo para liberação do tráfego no local é de 15 a 25 dias.

Novas obras – A duplicação da Estrada do Tarumã e a construção de uma ponte inteiramente nova já estavam previstos na construção do Anel Viário Sul, dentro do Projeto Amazonas 2020, do Governo do Amazonas, que prevê intervenções viárias de grande porte em Manaus, como a Avenida das Torres – já concluída, e a sua continuação já em obras, que é a Avenida das Flores.

Roberto Brasil