Governo do Amazonas lança Programa de Gestão Integrada da Saúde

By -
"Isto permitirá reduzir custos em medicamentos como o caso de câncer", afirmou José Melo

“Isto permitirá reduzir custos em medicamentos como o caso de câncer”, afirmou José Melo

Da Redação – Com os objetivos de evitar perdas e desperdícios com medicamentos e outros produtos e melhorar a qualidade no atendimento de saúde entre outros, o governador José Melo lançou o Programa de Gestão Integrada da Saúde (GIS) nesta sexta feira (16), na sede do Governo, no bairro Compensa de Manaus. O trabalho será realizado pela Secretaria Estadual de Saúde (Susam) e pela empresa de Processamento de Dados Amazonas S.A. (Prodam), e seu lançamento contou com a  participação de vários deputados, secretários, médicos e servidores em geral.

melo_lancamento-programa-gestao-integrada-saude-blogdafloresta-3“Dentre os objetivos do GIS está a atenção da cadeia de suprimento de medicamentos e produtos de saúde e como resultado teremos o controle de consumo, a redução de despesas com medicamentos e de custos de operação das Unidades de Saúde entre outros”, disse o Presidente da Prodam, Márcio Lira.

melo_lancamento-programa-gestao-integrada-saude-blogdafloresta-6Explicou ainda que a Prodam já conclui a fase de diagnostico em 45 unidades de saúde, na área da assistência de Medicamentos, do Laboratório Central e da Vigilância em Saúde e agora encontra se na fase de implementação de construção dos sistemas informatizados.

Prontuário eletrônico

melo_lancamento-programa-gestao-integrada-saude-blogdafloresta-4“De um lado temos o Estado que investe na saúde (23%) e de outro lado convivemos com muitas criticas aos serviços de saúde. Sabemos das enormes filas na espera de atenção de alta complexidade e cirurgias. Decidimos enfrentar os desafios para melhorar, pois queremos deixar um sistema  organizado”, destacou o governador José Melo. Ele também explicou que a finalidade é controlar a aquisição de medicamentos, armazenamento, dispensação nas UBS, pois isto permitirá reduzir custos em medicamentos como o caso de câncer e a nossa meta é o prontuário eletrônico com todos os dados do paciente.

“O SUS é um sistema compartilhado, mas que ainda enfrenta problemas de operacionalidade para atender a enorme demanda, também precisa de recursos, o déficit do SUS é de Seis bilhões que não serão repassados aos estados e municípios”, salientou o governador Jose Melo.

Central de Material Esterilizado

melo_lancamento-programa-gestao-integrada-saude-blogdafloresta-2O Secretario de Estado de Saúde, Pedro Elias apresentou o Projeto Central de Material Esterilizado (CME) e explicou que se trata de uma parceria pública e privada para resolver um dos problemas das Unidades de Saúde como é a esterilização de materiais. “Os objetivos são de diminuir os índices de infeções e de óbitos intra hospitalares e implantar uma CME para atender 49 unidades assim como de melhorar a qualidade do serviço”, salientou.

Explicou ainda que com o CME Numa primeira fase serão beneficiadas maternidades (5), fundações, hospitais (8) e Prontos Socorros (2)  e haverá uma economia de 30% ao mês. (Mercedes Guzmán – Fotos: Roberto Brasil)

Roberto Brasil