Governo do Amazonas faz entrega de equipamentos visando programa de fortalecimento da avicultura no Alto Solimões

By -

avicultura-equipamentos-sepror-01O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado e Produção Rural (Sepror), realizou, nesta quinta-feira (14), a entrega de 36 máquinas e equipamentos que servirão para a implantação de unidades de produção de galinhas caipiras nos nove municípios da calha do Alto Solimões. A solenidade de entrega aconteceu na área do antigo Parque de Exposições Agropecuárias (Expoagro), na zona norte de Manaus.

Entre incubadoras, misturadores de ração e nascedouros, os equipamentos marcam o pontapé inicial de um programa criado pelo Sistema Sepror em conjunto com o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável do Alto Solimões (Conatosol) para estimular e fomentar a avicultura na região, beneficiando inicialmente cerca de três mil famílias de produtores.

avicultura-equipamentos-sepror-02Para o secretário da Produção Rural do Amazonas, Sidney Leite, a proposta do programa é levar uma alternativa econômica e de sustentabilidade alimentar para a população do Alto Solimões, que consome principalmente carne de frango e ovos oriundos de outros estados e até de países vizinhos, como o Peru.

Entre os equipamentos distribuídos foram entregues 9 incubadoras, 9 nascedouros, 9 trituradores de milho e 9 misturadores de ração. “Cada conjunto desses equipamentos tem a capacidade de produzir 5 mil pintos a cada 45 dias. Com isso, pretendemos atender de 300 a 350 produtores da agricultura familiar, por município”, informou Leite, acrescentando que os mesmos passarão por treinamento e qualificação para manuseio dos equipamentos.

avicultura-equipamentos-sepror-03Os municípios do Alto Solimões beneficiados são: Tabatinga, Amaturá, Benjamin Constant, Tonantins, São Paulo de Olivença, Santo Antônio do Içá, Fonte Boa, Atalaia do Norte, e Jutaí.

Ampliação – Sidney Leite antecipou que, conforme resultados positivos, o modelo de unidades de frangos caipiras será ampliado para as regiões do Alto Rio Negro; Calha do Purus e parte do Médio Solimões ainda em 2016.

Roberto Brasil