Governo do Amazonas concede muletas e andadores para pacientes da Policlínica Codajás

By -

policlinica-codajas-muletas-e-andadores01Nesta segunda-feira, 13 de junho, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), realizou, naPoliclínica Codajás, a entrega de mais de 20 muletas e andadores para pacientes com dificuldades de locomoção da rede pública de saúde.

Ao todo, 22 equipamentos, entre muletas e andadores, foram entregues. Os beneficiados são pessoas com dificuldade para andar, que se recuperam de traumas ou passaram por cirurgias ortopédicas. Entre eles, o pedreiro Raimundo de Oliveira, que depois de ter uma das pernas amputadas, devido a problemas de circulação, foi obrigado a dividir um par de muletas com um vizinho.

policlinica-codajas-muletas-e-andadores02De acordo com ele, a falta do equipamento gera grande desconforto. “Eu fico a mercê da agenda do meu vizinho. Se ele vai sair, eu não posso, pois não consigo andar sem as muletas e não tinha dinheiro para comprar uma para mim”, explica ele, que, a partir de agora, poderá se locomover de forma independente e com muito mais conforto.

Com os problemas de locomoção há mais de dois anos, Raimundo reclama que sente muitas dores por usar muletas inadequadas, mas tem certeza que isso ficará para trás. “Essas (muletas) aqui são perfeitas para mim e muito mais confortáveis para andar”, afirma.

policlinica-codajas-muletas-e-andadores06Facilidade – Andando com dificuldade e auxiliado apenas por uma bengala de madeira improvisada, o pescador Valdemar da Silva, que também recebeu um par de muletas, garante que não teve dificuldade em adquirir o equipamento. “Assim que minha perna começou a enfraquecer, no final de 2015, eu já procurei a policlínica. Os médicos me deram todas as instruções e me orientaram. Hoje, eu posso sair daqui andando sozinho, nem ninguém precisar me carregar”.

policlinica-codajas-muletas-e-andadores03Entregas – Ainda para este ano, a Policlínica Codajás deve entregar próteses para membros superiores, inferiores e diversas órteses. “Temos um cronograma rígido de entrega preparado para os pacientes já cadastrados aqui na Policlínica”, disse a coordenadora do Centro Especializado em Reabilitação Tipo III (CER III) da unidade de saúde, Josenira Almeida.

policlinica-codajas-muletas-e-andadores04De janeiro a março deste ano, mais de 14 mil próteses, entre oculares, auditivas, ortopédicas e estomizadas, foram entregues pela policlínica, o que representa um investimento de mais de R$ 160 mil.

Roberto Brasil