Governo do Amazonas assina pacto coletivo de respeito a diversidade religiosa

By -

dia-combate-ao-racismo-1Foi dado o ponta pé inicial na programação especial que o Governo do Estado preparou para comemorar o mês da Consciência Negra no Amazonas, que este ano tem como tema, “Racismo e Preconceito na Sociedade Brasileira” .

Realizada no Largo São Sebastião, no Centro de Manaus, a abertura foi marcada pela assinatura do pacto coletivo de respeito a diversidade religiosa, feita por membros da administração estadual e representantes de várias entidades civis, com objetivo de firmar um trabalho conjunto de fortalecimento do respeito às crenças com o combate a intolerância.

dia-combate-ao-racismo-3“Apesar de o Brasil ser um Estado Laico, ainda há casos de crimes, inclusive de homicídio, envolvendo o tema religião em que o desrespeito e o ódio a crença do outro são os principais motivos. E as religiões de matrizes africanas são as que mais sofrem discriminação no Brasil”, explica a titular da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), Graça Prola.

O pioneirismo da iniciativa foi elogiado pelos representantes religiosos, uma vez que o Amazonas é o primeiro a adotar um pacto como este para o enfrentamento a intolerância. “O nosso Estado sai na frente em políticas de defesa as diversas representações e crenças religiosas em todo o País. Com ações assim, garantimos a todos direitos básicos para toda a sociedade”, disse Francisco Palheta, membro do Comitê Nacional de Respeito a Diversidade Religiosa.

dia-combate-ao-racismo-2O calendário do mês da Consciência Negra continua nos dias 10, 11, 18, 19, 22, 28 e 30 de novembro em diversos locais com ações como o Colóquio sobre Políticas Afirmativas, Caminhada contra a Discriminação, Encontro de Religiões de Matrizes Africanas, rodas de conversa, palestras e contos africanos.

 

Roberto Brasil