Governo do AM começa a pagar produtores rurais que abastecem escolas públicas

By -
"Estamos contribuindo para a interiorização do desenvolvimento e o resgate de hábitos alimentares saudáveis", afirmou o secretário Sidney Leite

“Estamos contribuindo para a interiorização do desenvolvimento e o resgate de hábitos alimentares saudáveis”, afirmou o secretário Sidney Leite

O Governo do Estado do Amazonas, através da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas – ADS, realiza o pagamento de mais de R$ 4 milhões aos produtores rurais da capital e interior que fornecem alimentos para o Programa de Regionalização da Merenda Escolar (Preme).

São mais de 15.600 produtores individuais, associações e cooperativas de agricultores rurais envolvidos. A ação é uma determinação do Governador do Amazonas, José Melo em priorizar uma alimentação saudável na Rede Pública de Ensino estadual, reafirmando também o compromisso com a classe de agricultores familiares do Estado.

De acordo com o presidente da ADS, Lissandro Breval, uma das prioridades do governo é promover o desenvolvimento da economia no interior. “Por isso reafirmamos o nosso compromisso de mantermos em dia os pagamentos aos fornecedores do Preme, mesmo diante da crise que todos enfrentamos. Esse é um compromisso do governador de jamais abrir mão da segurança alimentar das crianças e jovens estudantes”, disse.

dia-de-campo-idamO secretário de Produção Rural do Estado (Sepror), Sidney Leite, enfatiza que os produtores rurais do Estado do Amazonas fornecem ao Preme alimentos de qualidade, com o intuito de evitar a obesidade infantil e a má qualidade de vida causada por alimentos prejudiciais à saúde. “Além de gerar mais renda no Amazonas, com a substituição dos gêneros alimentícios importados por produtos regionais, nós estamos contribuindo para a interiorização do desenvolvimento e o resgate de hábitos alimentares saudáveis”, afirmou.

O produtor rural, Aloisio Pollmeier, possui uma grande plantação de hortaliças e frutas, localizada no quilômetro 26 da Rodovia AM-070 (Manaus – Manacapuru). A propriedade fornece vários alimentos que compõem a merenda escolar do Amazonas. “É difícil desenvolver um projeto no interior, e a parceria com a ADS, nos ajudou a expandir os nossos negócios. Grande parte da nossa produção vendemos por meio do Preme”, enfatiza Aloisio.

Programa – Atualmente, os alunos da rede pública têm 50 alimentos incorporados em seu cardápio, todos alimentos regionais. Entre eles está o peixe, castanha, açaí (polpa), banana pacova, abacaxi e mamão, dentre outros.

Todos os produtos regionais adquiridos pelo Preme são repassados para a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), que é responsável pela distribuição nas escolas.

Roberto Brasil