Governadores da Amazônia firmam compromisso de ampliar projetos de fruticultura e piscicultura nos Estados da região

By -

20151207141536_IMG_6261

Ampliar os projetos de piscicultura e de fruticultura de modo a promover o desenvolvimento econômico sem degradar o meio ambiente será um dos principais objetivos dos governadores da Amazônia Legal a partir de agora. Em reunião com a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, nesta terça-feira, 8 de dezembro, em Paris, na França, onde estavam para participar de 21 Conferência Mundial das Nações Unidas para Mudanças Climáticas, a COP21, eles pediram maior apoio, sobretudo do Governo Federal, para conseguir financiamentos que permitam desenvolver as atividades.

“Encontramos um denominador comum entre nós governadores, agora estamos em busca de investimentos e entendemos que o BNDES precisa ser um dos nossos maiores parceiros. Hoje há muita dificuldade para aprovar projetos e o que queremos é melhorar o acesso àquele crédito”, disse o governador do Amazonas, José Melo. Ele observou que a ministra se mostrou sensível ao pleito e se comprometeu a rever alguns procedimentos.

“Impossível que o BNDES tenha linha de financiamento para Cuba,  linha de financiamento para empresários e não tenha linha de financiamento para os governos da Amazônia desenvolverem projetos sustentáveis. Não podemos nos calar diante disso e nem tão pouco deixar de pressionar e buscar nosso espaço”, disse a ministra.

Participaram da reunião o governador do Tocantins, Marcelo Miranda; o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão; o vice-governador do Pará, Zequinha Marinho e o governador do Mato Grosso, Pedro Taques.

Mario Dantas