Governador José Melo volta a salientar que não tem lista de “preferiti” para a sucessão na Aleam

By -
Gov. José Melo

Gov. José Melo

Às vésperas de mais um processo de sucessão da presidência da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o governador do Amazonas, José Melo (PROS), voltou a salientar seu recado na tarde deste sábado (31) que fará um “choque de gestão” na máquina pública estadual com o objetivo de enxugar a máquina, diminuir gastos e dar mais eficiência e agilidade ao serviço público. Em síntese, no “lembrete” aos deputados estaduais que serão empossados nesse domingo (1°), Melo deixou claro que vai fazer uma profunda e qualitativa reforma administrativa, com fusão de secretarias e extinção de órgãos públicos.

José Melo declarou ainda que não possui uma lista com seus “preferiti” e que pretende se manter afastado da escolha do nome que poderá suceder o deputado Josué Neto (PSD) no comando da Aleam.
“Só irei intervir nessa questão se não houver um acordo de cavalheiros entre os deputados. Volto a frisar que o processo de sucessão da Assembleia é decidido no voto, e eu não voto, portanto vou deixar que eles resolvam isso. A todos eles (os deputados) que vieram falar comigo sobre isso disse que ficassem à vontade para lançar suas candidaturas. O mais importante é a resolução final para os problemas do Estado. Esse vai ser um ano de grandes dificuldades financeiras e o orçamento tem de ser uma peça realista porque será melhor para todos nós”, enfatizou o governador.
Mario Dantas