Governador José Melo vistoria construção de moradias do Residencial Viver Melhor II

By -
Eu fico feliz de dar a um pai e mãe de família um abrigo para sua família, disse José Melo

Eu fico feliz de dar a um pai e mãe de família um abrigo para sua família, disse José Melo

Da Redação – Nesta sexta feira (17), o Governador José Melo vistoriou as obras da nova etapa do Residencial Viver Melhor II, localizado na Avenida Arquiteto José Henriques, bairro Monte das Oliveiras, zona norte de Manaus. Cerca de duas mil moradias estão sendo construídas em parceria com o Governo Federal por meio do programa Minha Casa, Minha Vida estão destinadas a idosos, cadeirantes e deficientes visuais.

viver-melhor-3-visita-melo-blogdafloresta_2O Residencial Viver Melhor II está com 75% de suas obras concluídas e deve ser inaugurado em dezembro deste ano, beneficiando aproximadamente dez mil pessoas selecionadas através de critérios já estabelecidos, ou seja, menor renda, idosos, deficientes entre outros. Esta nova etapa conta com estação de tratamento de esgoto, água de qualidade, transporte, centro comunitário, avenidas amplas e padrão de qualidade para dar dignidade aos moradores.

viver-melhor-3-visita-melo-blogdafloresta_4Segundo o Governador José Melo, as duas metas estabelecidas na sua gestão são de dar17 mil títulos de terra e 47 mil moradias até final do ano e que se presigue mesmo com a crise atual. “Eu fico feliz de dar a um pai e mãe de família um abrigo para sua família, dar uma moradia para aqueles que vivem de aluguel, debaixo da ponte ou de favor”, disse Melo.

O Governo do Amazonas já entregou o Residencial Viver Melhor I, que foi inaugurado em duas etapas. A primeira, entregue em dezembro de 2012, conta com 3.511 unidades habitacionais. A segunda etapa foi inaugurada em fevereiro de 2014, com 5.384 moradias. Ao todo, conta com 8.895 habitações, entre casas e apartamentos, tornando-se um dos maiores conjuntos habitacionais do Brasil dentro do programa Minha Casa, Minha Vida.

viver-melhor-3-visita-melo-blogdafloresta_1Redução de custos e modernidade

Com referencia à manutenção da Secretaria de Politicas Fundiária do Estado de Amazonas que trabalha com a politica fundiária e de reforma agraria vai depender dos resultados que apresente, segundo o Governador do Amazonas a meta é um estado mais moderno com menos custo, pois tem varias áreas esperam obras (saúde, educação e outras). Disse ainda “se a extinção da Suhab for necessária será feita, pois eu sou obrigado a pensar em reduzir custos e ao mesmo tempo modernizar o estado”. (Mercedes Guzman – Fotos: Áida Fernandes)

Roberto Brasil