Governador José Melo lança programa Banco do Povo em Eirunepé com investimento inicial de R$ 305 mil

By -

DSC_7225

Em continuidade à agenda de compromisso aos municípios da Calha do Juruá, nesta quarta-feira, 30 de março, o governador José Melo lançou o programa estadual de microcrédito Banco do Povo no município de Eirunepé (a 1.159 quilômetros de Manaus). Com investimentos iniciais de R$ 305 mil, a ação de financiamento vai beneficiar 81 empreendimentos do município, contribuindo para a geração de emprego e renda na cidade da calha do Juruá. Ano passado, o programa injetou R$ 83,3 milhões em fomento à abertura de novas atividades econômicas.

DSC_7496

A solenidade de lançamento do programa aconteceu na quadra poliesportiva da Escola Estadual João Conrado e contou com a presença de autoridades do executivo estadual e municipal. Administrado pela Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), o Banco do Povo incentiva o empreendedorismo em pequenos negócios oferecendo financiamento e orientações para o desenvolvimento de negócios. Em seu discurso, o governador José Melo ressaltou que serão realizados novos investimentos em infraestrutura e educação na cidade.

“Aqui em Eirunepé vamos, em breve, asfaltar as vicinais importantes para a produção agrícola, e vou aproveitar quando as máquinas estiverem aqui para dar uma arrumada boa com uma operação grande de tapa-buracos na cidade. Outro compromisso que tenho com essa cidade é com o Prosamim. Estamos conseguindo recursos com a Corporação Andina de Fomento para implantar o Prosamim, porque existe um bairro que sempre alaga quando chove ou vem a enchente e precisamos tirar as pessoas de lá para que elas possam viver com mais dignidade. Na área da educação, temos o compromisso com a criação de uma escola de tempo integral e estamos já verificando a licitação”.

DSC_7573

Para dar suporte aos financiamentos do Banco do Povo na cidade de Eirunepé foi  instalado um posto de atendimento da Afeam. Esse é o quinto posto inaugurado no interior e, conforme o secretário da Afeam, Evandor Gueber, a população terá mais oportunidade de obter crédito o ano inteiro. “Com esse novo posto vamos atender não somente Eirunepé, mas também as cidades de Envira e Itamarati, e com isso as pessoas vão poder empreender melhor com os benefícios do programa. Em um ano de Banco do Povo já conseguimos implementar mais de R$ 80 milhões de financiamentos, o que representa a manutenção e geração de 53 mil postos de trabalho no Estado”.

Oportunidade – O Banco do Povo é direcionado a trabalhadores autônomos, microempreendedores individuais, profissionais liberais e produtores rurais. Com juros de 3% ao ano, as menores taxas cobradas para esse tipo de operação, a microempreendedora Maria da Silva, 35,  disse que vai poder ampliar seu empreendimento na cidade. “Eu trabalho com lanche há 12 anos e nunca pude aumentar ele porque tinha limitações. E o Banco do Povo veio oferecer essa oportunidade para muitas famílias que precisam também em nossa cidade e acreditamos que é algo que vai dar certo”.

Plano Safra – No município, o Plano Safra vai passar a ser implementado em julho deste ano e tem a meta de potencializar o setor produtivo no cultivo da mandioca, culturas industriais, pecuária de corte e leite. Para ajudar a impulsionar o setor, o Programa de Mecanização Agrícola – Promecanização, deve atuar junto aos produtores rurais da cidade. O programa foi criado em 2015, e trata-se de uma linha de crédito subvencionada e destinada a produtores rurais e agricultores familiares com o intuito de incentivar a mecanização de áreas degradadas para promover o aumento da produção de alimentos.

A meta é mecanizar 715 hectares de áreas, no Plano Safra 2015-2016, atendendo cerca de 6.000 famílias. Em Eirunepé a meta é mecanizar 380 hectares, sendo 150 hectares para a produção de mandioca; 30 hectares para culturas industriais (fabricação de açúcar mascavo, rapadura e melaço); 100 hectares para a pecuária de leite e 100 hectares para a pecuária de corte.

O Governo do Estado promoveu a contratação de 4.000 horas/máquinas pesadas e 4.400 horas de máquinas leves para fazer as operações de enleiramento, destoca, aração, dragagem, distribuição e incorporação de calcário nos municípios de Uarini e Pauini para implantação de mandiocultura, beneficiando 200 produtores rurais. Promoveu-se ainda o incentivo à utilização de máquinas e implementos agrícolas, por meio da distribuição 26 patrulhas agrícolas em 26 localidades, oriundas de emenda parlamentar, beneficiando mais de 700 famílias de produtores rurais do interior do Estado.

Pró-calcário – O Pró-calcário é um subprograma inserido no Plano Safra que subsidia ao agricultor 50% do calcário – insumo utilizado para correção do solo tornando-o mais produtivo por muito mais tempo do que o método utilizado atualmente com desmatamento e queimadas. Em Eirunepé a meta é subsidiar 790 toneladas de calcário, incluindo as 61 toneladas já aprovadas no projeto de mandioca.

Tablets – Com a entrega de tablets educacionais para os educadores de Eirunepé, o governador José Melo fez o repasse do benefíciopara 372 professores que atuam na rede municipal de Ipixuna, Eirunepé e Envira. O repasse faz parte do Pacto pela Educação do Amazonas que busca suscitar dos poderes públicos municipais o empenho em priorizar a Educação, trabalhando medidas para elevar os indicadores educacionais de seus respectivos municípios.

Mario Dantas