Governador José Melo lança Pacto pela Educação e entrega 28 mil tablets para professores das redes públicas municipais

By -

21-09-2015-fotos roberto carlos, Governador  José Melo no pacto da  Educação no Amazonas (6)

Nesta segunda feira (21) no Centro de Convenções Vasco Vasques, na zona centro sul de Manaus, o Governador, José Melo anunciou o Pacto pela Educação e entregou 28 mil tablets para professores das redes públicas municipais  com o objetivo de fortalecer o sistema público de ensino e incentivar o aprimoramento das redes de educação. Participaram deputados, vereadores, prefeitos do interior, secretários de educação, professores e representantes de escolas de 62 municípios do Amazonas.

 

A iniciativa prevê, entre outras ações, estimular o uso da tecnologia no aprendizado, elevando a qualidade e os indicadores educacionais. “Um pacto verdadeiro que vai permitir que as forças vivas possam se juntar, os tablets apenas são um simbolismo para que o professor tenha um instrumento que permita o acesso à informação, a educação é um processo onde todos devem participar para chegarmos a um bom resultado”, salientou o governador, José Melo.

 

21-09-2015-fotos roberto carlos, Governador  José Melo no pacto da  Educação no Amazonas (14)

Explicou ainda que “com o Pacto, estamos firmando um compromisso conjunto, Governo e Prefeituras, de estabelecer níveis ainda mais elevados de qualidade no sistema público de educação do nosso Estado. Estamos estabelecendo metas que, tenho a convicção, serão cumpridas e trarão os resultados que esperamos para oferecermos às nossas crianças e jovens uma melhor formação educacional, o que certamente refletirá no desenvolvimento do Amazonas”.

Valorização do Professor

Para o secretario de educação, Rosieli Soares um indicador que preocupa é o abandono nas escolas e disse “queremos garantir que o aluno não abandone a escola, para isso iremos trabalhar em alguns programas para trazer o aluno de volta, pois o aluno volta com um tipo de distorção e iremos trabalhar para que isto não aconteça”. Destacou ainda que a entrega de tablets, vai possibilitar uma atuação integrada com os municipios visando impulsionar a educação básica no estado, para isto também esta prevista a formação de professores e sua valorização.

Sobre o modelo de educação que esta sendo desenvolvida ou ira resultar nos próximos anos, o secretario Rosieli disse “uma educação que sirva para a vida, tudo que o aluno aprenda na escola possa servir para resolver os problemas que tenha na vida”

Metas estipuladas

 21-09-2015-fotos roberto carlos, Governador  José Melo no pacto da  Educação no Amazonas (23)

Entre as medidas estabelecidas pelo Pacto está a ampliação, de maneira uniforme para todos os municípios, de 0,2 pontos no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) municipal a cada biênio, de modo que cada localidade do Estado alcance o crescimento de 0,6 pontos até o final de 2019. Projeta-se, ainda, a redução – também de maneira uniforme para todos os municípios – de 2,0 pontos ao ano da taxa de distorção-idade série, de modo que esta taxa seja reduzida em 8,0 pontos até o final de 2019.

O Pacto também sugere a ampliação, em cada município, dos índices de aprovação escolar que denotam a efetiva aprendizagem dos estudantes. Para esta terceira medida, diferentemente das medidas anteriores, as metas foram estipuladas de forma individual e específica para cada município, observando as taxas de aprovação que cada localidade vem alcançando desde 2011.

Por meio do Pacto, o Governo do Estado também solicitará o comprometimento das prefeituras para a aplicação, conforme legislação federal, de 60% do valor do Fundeb em remuneração dos profissionais da educação e que, também conforme legislação federal, 25% dos recursos municipais sejam empregados no sistema público de Educação.

Ajuste fino nas secretarias

Anunciou também que o ajuste fino que esta sendo feito nas secretarias ira permitir uma economia e citou exemplos, como o aluguel de carros (2 tipos) com uma redução de 10 milhões, também na contratação de seguranças com uma economia de 30 milhões e ainda indicou que a retirada de um item numa secretaria possibilitará 50 milhões de economia por ano. Explicou também que a Secretaria de Assistência Social será responsável de todas as questões sociais a fim de reduzir gastos. (Mercedes Guzmán)

Mario Dantas