Governador José Melo inaugura escola no Tarumã e afirma que quer “escolas vivas aos fins de semana”

By -

 DSC_8919

As escolas da rede estadual de educação do Amazonas vão abrir as portas aos finais de semana para desenvolvimento de atividades socioculturais nos bairros. “Quero uma escola viva”, declarou o governador José Melo nesta segunda-feira, 29 de fevereiro, durante inauguração da Escola Estadual Professora Karla Patrícia Barros de Azevedo, na zona oeste de Manaus. Melo disse que em março lança o programa ‘Todos pela Vida’, que vai reforçar o protagonismo da educação e capitanear atividades de cultura, esporte e lazer com o objetivo de combater a violência.

Localizado em uma das regiões mais carentes de Manaus, o bairro do Tarumã, na zona oeste da cidade, a Escola Estadual Professora Karla Patrícia Barros de Azevedo abre as portas atendendo às necessidades da comunidade do Conjunto Cidadão 10. É a segunda escola do governo estadual na área, ao lado do Centro Estadual de Educação em Tempo Integral Garcytilzo de Lago e Silva. Mãe de três crianças e moradora do bairro há quatro anos, a dona de casa Rafaela Ferreira, 29 anos, comemora a chegada da nova unidade de ensino e disse que a comunidade está recebendo de braços abertos. “Para nós é muito bom porque os colégios eram todos longe e tínhamos que pegar condução, o que era caro e mais difícil. A comunidade recebe de braços abertos”, relatou a mãe da pequena Andrya Isabelly, 9 anos, que cursará a 5ª série.

DSC_9086

José Melo destacou o papel importante que a nova escola terá no desenvolvimento da comunidade e anunciou que as duas escolas do bairro serão inseridas no programa ‘Todos pela Vida’, que está em fase final de elaboração e começará pelo bairro do Jorge Teixeira, zona leste de Manaus.

“Já temos outra escola aqui próximo, que começou em uma região muito difícil. Essa região toda aqui é considerada de grande dificuldade, veio a escola e conseguiu dar um conforto muito grande. Como é um bairro que se expandiu, havia necessidade de uma outra escola que pudesse suprir a demanda crescente que tinha aqui. Vamos fazer um trabalho conjunto nessa e na outra que vai entrar no ‘Todos pela Vida’, para que aos finais de semana, esse aparato possa ser usado em atividade de esporte, lazer e cultura, ocupando o espaço e o tempo dessas famílias gerando uma ambiência saudável”, disse o governador.

DSC_9453

José Melo afirmou que quer ‘escolas vivas’ funcionando aos finais de semana, abrindo as portas para uso dos moradores. “Quando lançarmos o ‘Todos pela Vida’, todas as escolas serão abertas aos finais de semana para que a comunidade possa desenvolver atividades de esporte, lazer e cultura,  para desenvolver como cidadão e deixar de ser presa fácil do crime. As regras vão ser estabelecidas para que não haja depredação”, enfatizou.

Ao destacar investimentos em andamento da ordem de R$ 280 milhões em obras de ampliação e melhoria da educação em todo o Estado, o governador acrescentou o que espera das escolas. “A escola tem que ser viva o tempo todo porque ela é a ambiência mais importante de uma comunidade. Para ela tem que vir todas as demandas e sair soluções. Acho que o ‘Todos Pela Vida’, com o tempo vai dar um guarda – chuva de proteção, vai proporcionar esse novo momento das escolas”.

Mais escolas – A escola no Conjunto Cidadão 10 é a terceira inauguração do governo do Amazonas em fevereiro. Este mês, foram inauguradas as escolas Tempo Integral Bilíngue Português/Japonês Professor Djalma da Cunha Batista, na zona leste, e a escola Professora Eliana de Freitas Morais, na comunidade Lago Azul, no bairro Santa Etelvina, zona norte, que tem administração da Polícia Militar do Amazonas (PMAM).

A Escola Estadual Professora Karla Patrícia Barros de Azevedo foi orçada em R$ 3,8 milhões e está equipada com 12 salas de aula, laboratórios de ciências e informática, biblioteca, secretaria, sala dos professores, refeitório, cozinha com depósito de utensílios, depósito de material de limpeza, banheiros masculino e feminino, quadra poliesportiva, entre outros espaços administrativos. Possui capacidade para atender 1.310 estudantes, nas modalidades de 1º ao 5º ano (manhã), 6º ao 9º ano (tarde) e ensino médio (noite).

“É um benefício bem grande. Sem esse colégio, era abandonado aqui. Estamos felizes porque isso significa mais facilidade para nossos filhos. Antes era sacrificado levar as crianças para longe, além de ter um custo maior que muita gente não pode ter com o transporte. Agora está mais perto e avançado”, disse a dona de casa, Luana Gama, 25 anos.

Biografia – Natural de Manaus (Amazonas), Karla Patrícia Barros de Azevedo nasceu no dia 17 de agosto de 1971. Filha de Maria do Carmo Barros de Azevedo e de Aluízio Silva de Azevedo, Karla estudou no Colégio Santa Dorotéia e se formou em Pedagogia na Universidade Federal do Amazonas (UFAM), com pós-graduação em Psicopedagogia pela mesma instituição.

Iniciou sua trajetória na educação no ano de 1993, quando foi aprovada no concurso público da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), sendo designada para atuar na Escola Estadual Frei Silvio Vagheggi. Trabalhou na sede da Seduc, na gerência de Ensino Fundamental, função que exerceu até ocupar o cargo de assessora de gabinete da ex-secretária de Estado de Educação, Cínthia Régia Gomes do Livramento.

Faleceu no dia 13 de maio de 2010, aos 38 anos, em decorrência de um fatal acidente aéreo, em que foram vitimados outros quatro servidores da Seduc, incluindo a então secretária de Educação, Cínthia Régia Gomes do Livramento.

Mario Dantas