Governador José Melo e ministro Helder Barbalho entregam kits de ajuda humanitária à calha do Juruá

By -

“Essa é mais uma iniciativa em que o nosso Estado é atendido pelo Governo Federal que providenciou essa ajuda para a nossa Defesa Civil”, destacou Melo

Acompanhado pelo ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, o governador do Amazonas, professor José Melo, realizou na manhã desta terça-feira, 28 de março, a entrega de 360.472 mil kits de ajuda humanitária, que serão enviados a Guajará, Ipixuna, Eirunepé e Itamarati, na calha do rio Juruá, municípios que se encontram em Situação de Emergência por conta da enchente.

São cerca de 500 toneladas de material, entre cestas básicas, kit´s medicamentos (antibióticos, vitaminas, sais de hidratação, analgésicos), kit´s dormitório (lençol, mosquiteiro,rede), kit´s de higiene pessoal, galões de água potável, hipoclorito de sódio, entre outros, que vão beneficiar 5.970 famílias – aproximadamente 23 mil pessoas – nos quatro municípios. A entrega aconteceu no Estaleiro Juruá, á margem direita do rio Negro, no Distrito do Cacau Pirêra, em Iranduba, de onde a ajuda humanitária partirá em embarcações para os municípios de destino.

A medida reforça a parceria articulada pelo Governo do Amazonas com o Ministério da Integração Nacional para socorrer os afetados pela enchente no Amazonas. O investimento do Governo Federal é de R$ 9,6 milhões e consiste na compra de material e no apoio logístico. O Governo do Amazonas, que já enviou numa primeira fase 20 toneladas de kits de ajuda humanitária para Guajará (12 toneladas) e Ipixuna (8 toneladas), está mandando agora equipamentos para ajudar as equipes de saúde dos municípios e fazer a prevenção de doenças de veiculação hídrica e transmitidas por mosquitos, além  de 10 mil unidades de hipoclorito de sódio.

“Essa é mais uma iniciativa em que o nosso Estado é atendido pelo Governo Federal que providenciou essa ajuda para a nossa Defesa Civil para beneficiar milhares de amazonenses que hoje sofrem com a enchente. Além dos itens enviados hoje, que vão garantir um pouco mais de conforto e saúde para essas pessoas, nós já estamos atuando em diversos outros municípios, inclusive com o monitoramento”, explicou o governador José Melo, ao ressaltar o trabalho que vem sendo feito pela Defesa Civil do Estado no monitoramento e no atendimento direto aos ribeirinhos.

De acordo com o ministro Helder Barbalho, o apoio federal é complementar às ações desenvolvidas pelo Estado e municípios. O ministro também garantiu apoio logístico para as ações da Defesa Civil. “Já autorizamos o repasse de R$ 523 mil para assegurar a logística dos itens entregues hoje. Esse aporte financeiro possibilitou o aluguel de uma balsa, lanchas, barcos e caminhões para garantir que os kits sejam entregues o mais rápido possível”, afirmou.

O Secretário Executivo da Defesa Civil AM, coronel Fernando Pires Júnior, disse que a quantidade de itens enviados é suficiente para a primeira fase da operação de apoio, mas que mais ajuda poderá ser necessária. “Caso exista a necessidade de enviarmos mais itens de ajuda humanitária, nós, por meio do Governo do Estado, que monitoramos de perto a aplicação e a necessidade desses recursos, com certeza acionaremos o ministério, que tem sido um grande parceiro”, completou.

Saúde-  A garantia da saúde nos municípios afetados também é uma prioridade, por isso, o Governo do Amazonas, por meio da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), enviou diversos equipamentos de combate a mosquitos e purificação de água. Para o município de Eirunepé foram enviados 01 pulverizador (equipamento utilizado para dispensação de inseticida no combate a endemias), 02 escadas e 04 microscópios. Em Guajará, serão distribuídos 02 pulverizadores e 02 escadas. Ipixuna receberá 02 microscópios e 02 termonebulizadores. Itamarati será contemplada com 02 pulverizadores. A FVS disponibilizou ainda, 10 mil unidades de hipoclorito de sódio para a purificação da água, que deverão ser distribuídos nos quatro municípios em Emergência.

Roberto Brasil