Governador David Almeida economiza para fazer mais obras

By -

Da Redação – Nesta quarta feira (14), na sede do Governo do Amazonas, na Avenida Brasil, o governador David Almeida informou que irá economizar mais de trezentos  milhões para executar obras no interior do estado durante a sua gestão. O anuncio foi realizado com a presença de deputados e secretários de estado.

“Estou preocupado com a administração do estado, as despesas e a responsabilidade com a coisa pública. Tivemos uma boa arrecadação no mês de maio, mas foi um bilhão e meio menos que o ano passado (2016). Nestes 36 dias de governo estou diminuindo os custos em duas secretarias e farei em outras. Alguns contratos não são prioritários e iremos economizar no aluguel de aeronaves (R$ 12 milhões) para usar em beneficio da população”, afirmou.

Informou também que tem pagado sua passagem aero do seu bolso durante uma viagem sendo que pode utilizar jatinhos esta decidido a ser responsável com os gastos públicos.

A economia será nas áreas de Educação (R$ 101 milhões), na Casa Militar (R$ 12 milhões) entre outras fazendo um total de aproximadamente R$ 315 milhões para chegar ao final do ano de forma tranquila.

Movimentar dinheiro para gerar emprego e renda

Segundo o Governador David Almeida, a economia e movimentação do dinheiro no orçamento será para realizar as obras já programadas no interior do estado. “Eu não fiz nada. Tudo já estava programado. Eu apenas estou executando”, disse.

Dentre as obras a serem executadas está a AM 070 e o sistema viário de Eirunepé (R$ 7 milhões), inclusive explicando que a sede deste município está só crateras e precisa urgentemente de recursos. Outras melhorias são a recuperação da estrada em Benjamin Constant, Rio Preto, Carauari, Tefé, Tabatinga (R$ 13 milhões), Borba, Nova Olinda do Norte, Manacapuru (R$ 21 milhões), Itacoatiara, Parintins e Autazes (R$ 12 milhões).

Mais de R$ 19 milhões serão destinados para pavimentação dos ramais para o escoamento de produções e recuperação da Várzea, Silves e Novo Airão. A estrada AM 319 com R$ 4 milhões e também Novo Remanso e na UEA serão concluídas as obras com dois milhões de reais.

Outros municípios como Apuí, São Paulo de Olivença, Urucará, Nhamundá e o anexo da UEA de Parintins serão beneficiados com obras.

“Queremos circular a economia nos municípios e aumentar a arrecadação para gerar empregos. Iremos adquirir setenta ambulâncias para o interior. Temos que resolver os R$ 250 milhões em demandas trabalhistas onde o Estado se responsabiliza de forma solidária e embora sejamos o 3º estado que cresceu em transparência ainda precisamos de parceiros. Por isso chamei as grandes empresas para a compra de tomógrafos”, salientou o Governador do Amazonas.

Explicou ainda que dois tomógrafos já foram adquiridos, sendo um para Parintins e outro para Tabatinga. Outros serão comprados para São Gabriel da Cachoeira, Humaitá e Eirunepé.

“Não estou preocupado com a politica”

Relatou ainda que não está preocupado com a política. Lembrou que foi eleito para ser deputado e não governador. Visita hospitais, vai às ruas e se relaciona com o povo sem orgulho nem vaidade.

Perguntado se iria ser candidato a governador disse: “Não depende de mim e sim do meu partido, mas não serei vice de ninguém e não darei meu apoio a Amazonino”.

Destacou o ex-governador Amazonino como um dos grandes administradores do estado do Amazonas pelas grandes obras que realizou, mas achou ridícula a proposta dele para ser seu vice.

“Não quero brigar com Omar Aziz e tenho direito de decidir a quem apoio”, finalizou.///Mercedes Guzmán

Roberto Brasil