Goleiro na Copa de 82, Waldir Peres morre aos 66 anos

By -

Ex-jogador sofreu um infarto numa festa

Luto no futebol mundial. Morreu, neste domingo, em Mogi Mirim, Waldir Peres. Goleiro do Brasil na Copa do Mundo de 1982, na Espanha, ele tinha 66 anos.

De acordo com a ESPN, Peres estava numa festa quando sofreu um infarto e não resistiu.

– Waldir Peres era um parceiraço, foi uma grande perda. É o segundo (da seleção de 1982) que nos deixa — lamentou o Júnior, comentarista da Rede Globo, numa alusão a Sócrates, outro que integrou o timaço brasileiro que jogou na Espanha.

Natural de Garça, no interior paulista, o ex-goleiro foi revelado pela Ponte Preta e se tornou um dos maiores ídolos da história do São Paulo, onde jogou de 1973 a 1984 e disputou 617 partidas. Com a seleção, esteve nas Copas de 1974, 1978 e 1982.

Pelo time do Morumbi, Waldir Peres conquistou o Brasileiro de 1977 e o Paulista em 1975, 1980 e 1981. O ex-goleiro também passou pelo Corinthians, Guarani, América-RJ, Portuguesa e Santa Cruz.

Depois de encerrar a carreira, como jogador, em 1989, na Ponte, o ex-goleiro iniciou o trabalho como técnico dois anos depois. Seu último trabalho foi no Grêmio de Maringá.

Em comunicado assinado pelo presidente Marco Polo Del Nero, a CBF lamentou a morte do ex-goleiro. Abaixo, a íntegra da nota:

‘Com extremo pesar, a Confederação Brasileira de Futebol registra o falecimento de Waldir Peres, goleiro que fez história com a camisa da Seleção Brasileira e de vários clubes nacionais. Com a técnica apurada que marcou sua carreira, Waldir foi o goleiro da inesquecível Seleção Brasileira da Copa do Mundo de 1982. Além do Mundial da Espanha, Waldir também integrou o elenco do Brasil nas Copas de 1974, na Alemanha, e 1978, na Argentina.

A CBF deseja força aos familiares e amigos de Waldir Peres neste momento tão difícil. E agradece, uma vez mais, seu protagonismo na história da Seleção Brasileira e do nosso futebol’.

AGÊNCIA O GLOBO

Roberto Brasil