Gerente de banco senta no chão para atender cliente com deficiência, no Rio

By -

Imagem foi compartilhada milhares de vezes pela internet

O gerente de uma agência da Caixa Econômica Federal no Rio, em Volta Redonda, no Sul Fluminense, emocionou a internet com um ato simples. Luis Claudio de Souza, de 51 anos, sentou no chão a agência para atender um cliente com deficiência física. O flagra da cena foi feito por uma outra cliente, que ficou admirada com a atitude do homem.

“Esta semana em uma ida a Caixa Econômica da Av.Amaral Peixoto, fiquei encantada ao ver a forma de tratamento de um funcionário do banco a um senhor com problema físico, que precisou de um atendimento. O gerente Luís Cláudio, gentilmente foi até o cliente e de igual para igual, o atendeu sentando no chão com uma alegria visível em poder ajudar aquele senhor. Parabéns!!! Por mais pessoas assim…”, escreveu.

Funcionário da Caixa Econômica há 16 anos e trabalhando em Volta Redonda há cinco, Luis Claudio disse que se surpreendeu com a repercussão do caso. No dia, ele fazia o atendimento de Seu José, como ele o identificou. Não foi a primeira vez que Luis atendia o homem. Segundo Luis, o atendimento era “corriqueiro” e o ato foi uma “obrigação”.

– A gente faz isso todo dia. Me porto como o cliente precisa. Seu José é um ser humano incrível. Já o atendi outras vezes. Ele veio cadastrar uma senha e uma outra cliente depois me contou que tinha feito a foto. Nem sabia que ia postar e dar essa repercussão toda. Acho que a gente não é melhor que ninguém. Eu precisava sentar para atendê-lo bem. Faz parte da minha obrigação. É também uma necessidade. Eu não me sentiria bem antendendo ele de pé e ele seria mal atendido. Me espantei muito com tudo isso porque era um atendimento corriqueiro, normal. Mas fico feliz com o reconhecimento – disse.

Ainda segundo Luis, a presidência da Caixa Econômica Federal entrou em contato com ele para parabenizá-lo pelo ato.

– O presidente me ligou e me deu os parabéns. Fico muito feliz porque é um reconhecimento. Ser reconhecido por fazer bem meu trabalho me deixa muito orgulhoso -comemorou.

Apesar dos elogios na internet e na agência, Luis quer mesmo é reverter tamanha repercussão para ajudar Seu José.

– Ele é um senhor humilde e gostaria muito de fazer com que toda essa repercussão servisse para ajudá-lo de alguma forma. Ele merece. É uma pessoa muito do bem. Quero canalizar isso para fazer algum bem para ele. Ainda não pude encontrá-lo e contar para ele que a nossa foto viralizou, mas vou fazer – disse.

Luis também ainda não conseguiu contato com a pessoa responsável pela fotografia. O GLOBO procurou por Isabel Paiva, mas ela ainda não retornou nossas mensagens. A foto já teve mais de 6.500 compartilhamentos e diversos elogios ao gerente. “Precisamos de mais pessoas como você, Luis Claudio”. “Vendo atitudes como essa, vejo que ainda há esperanças para o ser humano”, escreveu outro internauta.

Com AGÊNCIA O GLOBO

Roberto Brasil