Garis da Alegria recebem homenagem na ALE-AM

By -

garis-da-alegria-01Um pequeno grupo de garis da Prefeitura de Manaus que atua como agente ambiental nas comunidades locais foi destaque da Sessão Especial em Comemoração à Semana Mundial do Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), nesta segunda-feira, 1º de junho. Conhecido como ‘Garis da Alegria’, o grupo recebeu a homenagem das mãos do Deputado Estadual e Presidente da Comissão de Meio Ambiente da Aleam, Luiz Castro e do Juiz Adalberto Carim Antônio, titular da Vara Especializada do Meio Ambiente e de Questões Agrárias (VEMAQA).

Criado para levar informação e conceitos de preservação e educação ambiental para dentro das comunidades, escolas, órgãos públicos, eventos e bairros de Manaus, o grupo ‘Garis da Alegria’ é formado por funcionários da Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) que ensinam a população que “melhor do que limpar a cidade é não sujá-la”. “Os Garis da Alegria alcançam também as escolas e as empresas, é uma forma mais sensível de alcançar o espectador, através da música e do teatro”, explicou Adriano Rodrigues, gerente de Articulação Comunitária da Semulsp e coordenador do projeto.

Para o Subsecretario de Gestão da Semulsp, Eisenhower Campos, essa iniciativa dos deputados estaduais de destacar iniciativas de preservação e respeito ao meio ambiente, estimula ainda mais o trabalho dos ‘Garis’. “Somos um grupo pequeno, mas que consegue acessar a população de forma intensa, criando laços com a comunidade e conquistando novos multiplicadores da preservação ambiental”, lembrou.

Para o Deputado Estadual Luiz Castro, pequenas ações voltadas à educação ambiental fazem a diferença no contexto geral. “O trabalho dos Garis da Alegria é uma dessas iniciativas que, com pequeno número de participantes, conseguem um resultado enorme”, comentou.

garis-da-alegria-02A Sessão homenageou ainda lideranças do setor ambiental como o Secretário Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Itamar Oliveira Mar;  Mário Lúcio Reis, superintendente do Ibama; Carlos Cury (Idesam); Rafael da Silva Rocha, Procurador da República (MPF); Ademir Stroski, Secretario Estadual de Meio Ambiente (Sema); Alzira de Melo Costa, Procuradora-Chefe do MPT 11ª Região; Sérgio Roberto Bulcão Bringel, Presidente do Conselho Regional de Química do Amazonas; Helen Andrade (professora da Ufam) e Marisa Lima da Silva, militante do projeto SOS Encontro das Águas.

Educação Ambiental da Semulsp

A realização das atividades de conscientização e educação ambiental da Semulsp é feita por meio das equipes de sensibilização das empresas terceirizadas para coleta domiciliar TUMPEX e MARQUISE, Garis da Alegria e fiscais de pontos, que identificam áreas usadas como lixeiras viciadas e entram com a conscientização no local.

As equipes de sensibilização da Comissão Especial de Divulgação da Política de Limpeza Pública (CEDOLP/SEMULSP) realiza reuniões nas comunidades. “Nessas reuniões, as empreiteiras responsáveis por aquela área também participam. Foi assim nas ações de conscientização que fizemos esse ano no Fuxico, Dom Pedro, Feira do São José, Feira do Japiimlândia, Bairro Dom Pedro, Bairro São Raimundo”, lembrou Adriano Rodrigues, que também faz parte do grupo Garis da Alegria, que somam apenas 10 pessoas.

Em 2014, foram realizadas 1.341 ações de educação ambiental, sendo sensibilizadas 170.901 pessoas.

Roberto Brasil