Garantido reúne com MPE para solicitar auxílio na preservação do Festival Folclórico de Parintins

By -

REUNIÃO COM MPE

O presidente da Associação Folclórica Boi-Bumbá Garantido, Adelson Albuquerque, reuniu, na manhã desta sexta-feira, com promotores do Ministério Público Estadual (MPE) para solicitar que o órgão, como fiscal da lei e representante dos anseios da sociedade, intervenha no Festival Folclórico de Parintins para garantir sua preservação.

Estiveram presentes na reunião, os promotores André Seffair, Leda Mara Albuquerque e Vicente Borges, representando o procurador geral de justiça, Carlos Fábio Monteiro, além de representantes do Garantido, Fábio Cardoso, vice-presidente,  Antônio Andrade e Divaldo Martins.

“Fomos fazer um apelo a favor do folclore para que o MPE  intervenha para preservação do festival, como patrimônio imaterial e na correta utilização dos recursos públicos para que não ocorra o mesmo que aconteceu no resultado em 2015 e manchou o evento, afinal se continuar assim a festa acabará”, ressaltou Adelson Albuquerque.

Os dirigentes do Garantido apostam que o procurador Fábio Monteiro será sensível aos anseios da Associação. “Nossa avaliação é que  a demanda é dos bois e também de toda  a sociedade.  É de quem quer o melhor para o festival”,   analisou Fábio Cardoso.

O órgão tem como diretriz maior o combate a corrupção e está trabalhando atualmente com a  campanha “Todos juntos contra a corrupção”. Nesse enfoque, os promotores mostraram-se interessados em participar do processo. Eles lembraram que o festival utiliza verba pública para sua realização.

“Todos elogiaram a iniciativa do Garantido ressaltando a importância de moralizar o evento, ainda mais por tudo que aconteceu no ano passado e deixou uma sombra”,  concluiu o presidente encarnado.

Mario Dantas