Futebol feminino abre a Olimpíada nesta quarta-feira

By -

futebol-femininoNem Usain Bolt, Michael Phelps, Novak Djokovic, Kevin Durant ou Neymar.

O mundo hoje estará de olho em Marta, Cristiane, Formiga e Barbara, jogadoras da seleção de futebol do Brasil que estreia na Rio-2016 contra a China, às 15h (horário de Manaus), no Engenhão —antes, 12h, Suécia e África do Sul abrem o torneio.

Por causa do calendário, o futebol começa dois dias antes da cerimônia de abertura e, desde Sydney-2000, sempre com as mulheres —o masculino começa na quinta (4).

Sem a concorrência das estrelas das quadras, piscinas e pistas, o futebol feminino acaba sendo o centro das atenções por um dia.

As brasileiras e o técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, admitem que, a partir de sábado, só serão lembrados com maior destaque se conseguirem avançar até a semifinal da competição, o que não aconteceu em Londres-12 —queda nas quartas de final.

“Sabemos da grande responsabilidade que temos, porque ninguém estará competindo nesse dia. Fomos premiados em estar sozinhos e vai ser um momento de muita divulgação”, disse Vadão.

Ele teme que atletas mais jovens sintam o fato de atuar em casa, em frente a muitos espectadores. Como o futebol feminino fica em segundo plano em relação ao masculino, os torneios no país têm públicos que muitas vezes não chegam a 500 torcedores.

(Com FOLHAPRESS)

Roberto Brasil