Fundação Hospital Adriano Jorge forma mais 27 especialistas

By -
"A formação de médicos especialistas é um objetivo do Governo do Estado para ampliar o atendimento da população do Amazonas”, disse Wilson Alecrim

“A formação de médicos especialistas é um objetivo do Governo do Estado para ampliar o atendimento da população do Amazonas”, disse Wilson Alecrim

O Governo do Estado do Amazonas realiza nesta sexta-feira, (27), a formatura de mais 27 especialistas, titulados em Cirurgia Geral, Clínica Médica, Ortopedia e Traumatologia, Anestesiologia e Otorrinolaringologia. Os novos especialistas concluíram a Residência Médica na Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), vinculada à Secretaria de Estado da Saúde (Susam).

A solenidade de formatura será às 19h, no Auditório da Escola Superior de Ciências da Saúde (ESA) da Universidade do Estado do Amazonas, na Avenida Carvalho Leal, 1777, Cachoeirinha.

De acordo com o Secretário de Estado da Saúde, Wilson Alecrim, o Programa de Residência Médica é uma das ações desenvolvidas pela FHAJ, desde 2005, na área de Ensino e Pesquisa. “Hoje, a Fundação é um Hospital de Ensino, certificado pelo Ministério da Saúde e Ministério da Educação. A formação de médicos especialistas é um objetivo do Governo do Estado para ampliar o atendimento da população do Amazonas”, disse.

O diretor-presidente da FHAJ, Alexandre Bichara, destaca que o Hospital Adriano Jorge já contribuiu com a formação de 106 médicos especialistas, até 2014. “Formar especialistas, nos programas de residência médica exige um esforço diário, que envolve todos os servidores, desde os setores administrativos aos integrantes do centro cirúrgico, serviço de limpeza, que rodam este hospital. A formação médica de qualidade e humanizada é uma de nossas prioridades”, disse.

Diretor de Ensino e Pesquisa, Arteiro Menezes, enfatiza o papel dos preceptores no gerenciamento dos programas de residência médica. “Temos uma equipe de excelentes professores, com responsabilidades imensas, zelando pela qualidade do ensino e acompanhando o desenvolvimento de cada médico especialista”, destacou.

Ao todo serão 27 especialistas formados na FHAJ, sendo 10 de Clínica Médica, 8 de Cirurgia Geral, 4 de Ortopedia e Traumatologia, 3 de Anestesia e 2 de Otorrinolaringologia.

Histórico – A Residência Médica da Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), iniciou suas atividades em 1º de fevereiro de 2005, oferecendo então 10 vagas – 5 para o programa em Cirurgia Geral e 5 vagas para o de Clínica Médica.

A Residência Médica foi instituída no Brasil pelo Decreto nº 80.281, de 5 de setembro de 1977. Segundo o Ministério da Educação, conforme a Lei nº 6.932, de 07/07/1981, da Presidência da República, a RM constitui-se em uma modalidade de ensino de pós-graduação (latu sensu), destinada a médicos, sob a forma de curso de especialização, funcionando em Instituições de Saúde, sob a orientação de profissionais médicos de elevada qualificação ética e profissional. A RM é considerada o “padrão ouro” da especialização médica.

Roberto Brasil