Funcionário rouba ouro da Casa da Moeda canadense escondendo metal no reto

By -
ouro

Durante um longo tempo, Lawrence levou pequenos pedaços circulares de ouro escondidos no reto sem ser notado. Caixa de banco descobriu fraude.

Um funcionário da Casa da Moeda Canadense desviou 180 mil dólares canadenses (R$ 437 mil) em ouro aparentemente escondendo o metal precioso no reto, de acordo com o jornal “Ottawa Citizen”.

Segundo a investigação, Leston Lawrence, de 35 anos, conseguiu enganar os controles de segurança ao esconder o ouro na área íntima.

Durante um longo tempo, Lawrence levou pequenos pedaços circulares de ouro escondidos no reto sem ser notado.

Ele vendia o ouro contrabandeado da Casa da Moeda em um centro comercial de Ottawa.

O caso só foi descoberto graças a um caixa de banco.

Normalmente, o ouro roubado pesava cerca de 210 gramas, que era vendido por cerca de 6.800 dólares canadenses, dependendo da flutuação dos preços do ouro.

Em seguida, ele depositava o cheque da venda em um banco no mesmo local onde vendia as pedras.

Um caixa, no entanto, desconfiou do grande número de depósitos feitos por Lawrence. Ao descobrir que ele trabalhava na Casa da Moeda, o caixa o denunciou para as autoridades.

Uma investigação revelou que ele fez 18 vendas de ouro entre 27 de novembro de 2014 e 12 de março de 2015, com valor estimado de 179.015 dólares canadenses. G1

Áida Fernandes