Frente Parlamentar pede apuração de crime sexual no Juruá

By -
Dep. Luiz Castro

Dep. Luiz Castro

A Frente Parlamentar de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, presidida pelo deputado Luiz Castro, recebeu denúncia de uma professora que acusou o delegado Daniel Pedreiro Trindade, do município de Juruá, por assédio à sua filha menor de idade (14 anos), com quem manteve relações sexuais.

De acordo com o relato da professora, o delegado manteve relacionamento com outras cinco adolescentes, de 11 a 16 anos, na cidade de Juruá.
O deputado Luiz Castro encaminhou as denúncias ao secretário estadual de Segurança Pública, Sérgio Fontes, solicitando informações sobre os procedimentos adotados quanto à apuração das denúncias contra o delegado, pelos supostos crimes sexuais a menores de idade.
Conforme matérias publicadas na imprensa local, a população de Juruá vive sob clima de medo diante das denúncias de crimes sexuais contra adolescentes, praticados pelo delegado, que deveria promover a segurança da comunidade.
O município de Juruá está sem a promotora de Justiça, que se encontra de licença maternidade e não possui substituto, enquanto que o juiz da Comarca de Carauari permanece apenas uma semana por mês na cidade de Juruá.  
Para o deputado Luiz Castro o caso é grave e precisa ser rigorosamente apurado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Mario Dantas