Frente em prol da Recuperação da BR-319 é instalada com a adesão de quase 200 deputados

By -

_MG_9515

A mobilização pela revitalização da rodovia que liga Manaus (AM) a Porto Velho (RO) contará com o apoio de 198 deputados federais. A Frente Parlamentar em prol da Recuperação da BR-319 foi instalada nesta quarta-feira (9), na Câmara dos Deputados, com ampla adesão de parlamentares.
A Frente foi idealizada pelo deputado federal Marcos Rotta (PMDB-AM) para unir esforços pela revitalização dos mais de 800 quilômetros de rodovia. Construída entre as décadas de 1960 e 70 para integrar a região amazônica ao restante do país, a BR-319 não passou por obras de recuperação total. Alguns trechos estão com o mesmo asfalto da inauguração, há cerca de 40 anos.

As tentativas de revitalização esbarraram na dificuldade de conseguir licenças ambientais para sua realização, já que a rodovia está em plena selva amazônica. O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) autorizou as obras entre os quilômetros 255 e 655 há menos de um mês, sob responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

Na avaliação do presidente da Frente, Marcos Rotta, a decisão sinaliza que, finalmente, os órgãos do governo federal perceberam a viabilidade econômica e social da BR-319. “Parece um problema superado”, avaliou, durante a abertura da cerimônia desta quarta.

“Estamos vivendo uma época tecnológica. É inadmissível que os órgãos governamentais utilizem como desculpa para não viabilizar a reforma da BR-319 o problema do desmatamento. É inadmissível que o governo federal não tenha instrumentos tecnológicos e institucionais para promover a fiscalização”, criticou.

Para o parlamentar, a instalação de postos avançados do Exército a cada 50 quilômetros da rodovia garantiria a proteção ao meio ambiente. “O Exército Brasileiro está aguardando apenas um chamamento para exercer seu papel soberano de guardião da BR-319”, ressaltou.

Audiências – Em entrevista à imprensa, Rotta anunciou a realização de audiências públicas em cidades influenciadas pela rodovia. A proposta é ouvir a população e os agentes públicos para buscar, em conjunto, saídas para os problemas acerca da recuperação da via.

“Nossa proposta é ser mais uma voz de discussão e acima de tudo da clareza que temos da necessidade, tanto para o Amazonas quanto para Rondônia, de que haja a interligação terrestre”, detalhou Marcos Rotta.

“Temos exemplos claros de prejuízos ocasionados pelo atual estado da BR-319. Produtos perecíveis saem de Rondônia e chegam a Manaus no prazo limite do vencimento. Há ainda o Polo Industrial de Manaus, que precisa de mais um modal para o escoamento de sua produção”, citou.

Além de Marcos Rotta, participaram da cerimônia os deputados federais Expedito Netto (SD-RO), como vice-presidente da Frente Parlamentar, e Lucio Mosquini (PMDB-RO), como sercretário-executivo. Diversos deputados federais da região Norte, como Conceição Sampaio (PP-AM), também participaram da cerimônia, junto com deputados estaduais dos estados amazônicos, representantes do DNIT e da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Mario Dantas