FMT convoca voluntários para testes da vacina contra Dengue, em Manaus

By -
A vacina protege contra os quatro tipos do vírus da dengue

Até o momento, cerca de 200 pessoas já foram vacinadas / Foto: Divulgação.

A Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), vinculada à Secretaria Estadual de Saúde (Susam), está convocando voluntários para participar dos testes da vacina contra a Dengue, que está sendo desenvolvida pelo Instituto Butantan, de São Paulo.

A FMT-HVD é um dos 14 centros de pesquisa escolhidos, no Brasil, para executar esta que é a terceira e última fase dos estudos sobre a vacina, antes que ela possa ser submetida à Agência Nacional de Vigilância em Sanitária (Anvisa) para registro.

De acordo com o diretor de Ensino e Pesquisa da FMT-HVD, Marcus Lacerda, a fase de teste da vacina da Dengue iniciou em Manaus em junho. Ele explica que os voluntários estavam sendo escolhidos através de sorteio, no cadastro de pacientes acompanhados pela Unidade Básica de Saúde (UBS) Arthur Virgílio, localizada no bairro Amazonino Mendes, zona norte da cidade, uma das áreas mais endêmicas. A partir de agora, disse ele, as pessoas que tiverem interesse em participar do estudo poderão se apresentar.

É necessário, segundo ele, que estejam dentro dos critérios previstos no protocolo de teste da vacina. “É preciso estar na faixa etária de 2 a 59 anos. Grávidas não podem participar, assim como as pessoas que sofram de doenças crônicas (como o câncer) ou que estejam em tratamento com quimioterápicos. Também não podem participar os pacientes que fazem uso de altas doses de corticóide ou que estejam em outras situações de baixa imunidade. Menores de idade devem ter autorização do pai e da mãe”, ressaltou.

O pesquisador destaca que a convocação é, principalmente, para os moradores dos bairros Cidade Nova, Mutirão e Novo Aleixo, que estão localizados na área geográfica onde a vacinação já foi iniciada. Os voluntários que se propuserem a participar do estudo assinarão termo de livre consentimento, com todas as informações sobre o processo de acompanhamento, riscos e benefícios.

A vacinação está ocorrendo na UBS Arthur Virgilio, localizada na travessa 10, 3015, bairro Amazonino Mendes. Às segundas-feiras o atendimento é de 13h às 17h. De terça a sexta-feira, é de 7h30 às 11h e de 13h às 17h. Aos sábados é de 8h30 às 12h30. Quem quiser tirar dúvidas sobre o estudo ou agendar uma visita pode ligar para os números 99342-8407 e 99383-3407.

Marcus Lacerda informa que, até o momento, cerca de 200 pessoas já foram vacinadas. “A intenção é alcançar o máximo de pessoas antes do início do período chuvoso, quando aumenta o número de casos de dengue, para que possamos acompanhar os pacientes e avaliar a eficácia da vacina”, frisou.

Em todo o País, os testes deverão abranger a vacinação e o acompanhamento de 17 mil voluntários, distribuídos em 13 cidades, de 12 estados, nas cinco regiões brasileiras. Em Manaus, o estudo prevê a vacinação de 1,2 mil voluntários, que serão acompanhados por um período de 5 anos, para verificar a eficácia e a duração da proteção da vacina.  A previsão é que os 1,2 mil voluntários estejam todos vacinados em até um ano.

“Embora o acompanhamento dos voluntários deva se estender por 5 anos, é possível que os resultados parciais do estudo permitam solicitar o registro do novo imunobiológico na Anvisa antes deste prazo e a vacina possa ser disponibilizada à população pelo Ministério da Saúde em dois ou três anos”, afirmou Lacerda.

Áida Fernandes