Financiamentos do Banco do Povo já ultrapassam R$ 14 milhões

By -

banco-do-povo-01O programa de microcrédito lançado pelo Governo do Amazonas este ano, o Banco do Povo, já contemplou mais de 2 mil empreendedores com recursos na ordem de R$ 14,7 milhões e projeção de geração e/ou manutenção de 9 mil postos de trabalho. Os dados são referentes aos últimos 50 dias de implantação do programa coordenado pela Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam).

O Banco do Povo foi lançado em 30 de março pelo governador José Melo e consiste em uma linha de microcrédito queestimula o empreendedorismo ao adotar uma das menores taxas de juros do mercado, 3% ao ano, para operações que variam de no mínimo R$ 500,00 e máximo R$ 15.000,00. O objetivo principal é contribuir para a consolidação de novos negócios e para a melhoria da qualidade de vida de trabalhadores autônomos, microempreendedores individuais, profissionais liberais, produtores rurais, com microcrédito orientado e produtivo.

O programa garante crédito e orientação especializada e, este ano, contará com recursos de R$ 68 milhões para financiamento. Nos primeiros 50 dias do Banco do Povo, já foram realizadas 3.210 operações de financiamento no Estado, onde o programa já funciona na capital e nos municípios de Boca do Acre, Ipixuna, Iranduba, Itamarati, Juruá, Manacapuru, Manaquiri, Manicoré, Rio Preto da Eva e Tapauá.

banco-do-povo-02Em Manaus, foram realizadas 1.374 operações de crédito, o equivalente a R$ 5,8 milhões. No interior, a cidade de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus) já registrou 616 operações de financiamento, gerando um montante de R$ 2,4 milhões. Em Manicoré, foram feitas 223 operações, no total de R$ 982,6 mil.

Nas cidades de Boca do Acre, Ipixuna, Guajará, Eirunepé, Envira, Itamarati, Carauari são realizadas Ações Itinerantes de Crédito (AIC’s) com apoio do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam). Nessas regiões já foram feitos mais de 600 contratos de financiamentos, o equivalente a R$ 3,8 milhões.

De acordo com o presidente da Afeam, Evandor Geber Filho, o Banco do Povo funciona como diferencial no desenvolvimento econômico regional no Amazonas.  “Esse programa de microcrédito possibilita que vários segmentos da sociedade tenham condições de tomar recursos a juros menores, inferior às taxas oficiais oferecidas pelo mercado. O Governo do Estado está assegurando a milhares de pessoas, que não teriam condições de acessar o sistema financeiro tradicional, essa possibilidade”, explicou.

banco-do-povo-03Oportunidade – O incentivo ao empreendedorismo é o principal foco do Banco do Povo junto à população. A microempresária Ana Carolina Fernandes, 23, trabalha há dois anos no ramo da estética em Manaus e sempre planejou ampliar o negócio. Ao conhecer as vantagens de programa, ela fez um financiamento no valor de R$ 5 mil para a aquisição de novos equipamentos e materiais para o seu salão de beleza.

“Eu vi como um grande incentivo para quem quer ampliar o seu próprio negócio, como é o meu caso, e essa oportunidade de facilidade de crédito ajudou bastante porque vou comprar mais materiais que preciso para melhorar meu trabalho”, destacou.

Postos de atendimento – Com a finalidade de oferecer mais praticidade nas operações de financiamentos, a Afeam pretende instalar 12 postos de atendimento no Estado, sendo seis neste ano e os demais em 2016. No interior, os municípios de Manacapuru e Manicoré já possuem Posto de Atendimento, onde são analisadas as propostas de crédito.

O próximo posto será inaugurado na cidade de Itacoatiara (a 277 quilômetros da capital) com data prevista para o dia 15 de junho. Nos demais municípios, onde já funciona o programa, o atendimento ocorre por meio das Ações Itinerantes de Crédito. Em Manaus, micro e pequenos empresários podem procurar a sede da Afeam, na avenida Constantino Nery, bairro de Flores, zona centro-sul, ou acessar informações pelo site: www.afeam.am.gov.br.

Roberto Brasil