Filas zeradas no Hospital Delphina Aziz

By -

As filas de espera para a realização dos exames de ecocardiograma infantil, tomografia, endoscopia digestiva e raio-x já não existem mais no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Delphina Rinaldi Abdel Aziz, zona norte de Manaus. Devido ao trabalho de gestão, a unidade conseguiu encerrar a espera pelos exames que são agendados exclusivamente pelo Sistema de Regulação do Amazonas (Sisreg).

Além disso, com a inauguração de um moderno parque de imagens em fevereiro deste ano, o Delphina Aziz realizou mais de 43 mil procedimentos em apoio ao diagnóstico correto. A unidade dispõe mais de dez exames disponíveis, inclusive de alta complexidade, dentre os quais: tomografia computadorizada, ressonância, raio-X telecomandado, colonoscopia, endoscopia, ultrassonografia com doppler.

“Esse resultado é consequência de um plano estratégico para zerar as filas de exames no Amazonas. O parque de imagens é importante para o diagnóstico preciso em pacientes, o que, consequentemente, nos ajuda a direcionar para o tratamento adequado. Temos a certeza de que a tecnologia é uma grande aliada da saúde”, afirma o diretor técnico do HPS Delphina Aziz, Cássius Segatto.

A unidade atende pacientes de todas as Zonas de Manaus, com maior incidência das Zonas Norte e Oeste, além de receber também pacientes que são encaminhados por municípios do interior do Estado.

O atendimento no Delphina Aziz vem recebendo a aprovação da população com um percentual de 92,6 – medido por meio de pesquisa de opinião dos pacientes – realizada mensalmente. “Essa pesquisa é um dos instrumentos que utilizamos para melhorar nossos processos”, destaca o diretor administrativo Remídio Vizzotto Júnior. Em 2017, mais de nove mil pacientes participaram da pesquisa e avaliaram o atendimento que receberam.

Planejamento e humanização

O Hospital Delphina Rinaldi Abdel Aziz conta com a administração do Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (Imed), que faz gestão com foco no resultado e planejamento. Os setores que compõem a unidade, seguem metas e indicadores precisos que apontam os caminhos mais adequados para a gestão que, também prioriza a humanização no atendimento.

Desde que foi inaugurado em 2014, o Delphina Aziz já atendeu mais de 510 mil pacientes de urgência e emergência e realizou mais de 43 mil exames de alta complexidade. Esse é o balanço dos serviços prestados pela unidade de saúde à população de Manaus e do Amazonas.

Os mais de 510 mil atendimentos são nas especialidades de pediatria, clínica médica e cirurgia em geral dos prontos-socorros adulto e infantil , com atendimento 24 horas por dia. O número de exames no atendimento de urgência e emergência foi superior a 777 mil. Mais de 10 mil internações foram realizadas com apenas 62 leitos. “Com a boa gestão dos leitos, os pacientes permanecem o tempo necessário para reestabelecer sua saúde e conseguimos receber mais pessoas que precisam de internação”, disse Vizzotto Jr.

Com a criação Hospital e Pronto Socorro Delphina Aziz, muitas pessoas que se dirigiam às Zonas Centro- Sul para ser atendidas no Hospital Pronto Socorro 28 de Agosto ou à Zona Leste, no caso do Hospital e Pronto Socorro João Lúcio Pereira Machado, passaram a procurar pelo atendimento hospitalar no maior hospital da Zona Norte.

“O atendimento no (Hospital) Delphina Aziz foi muito bom. Fiquei bastante satisfeita. O ambiente é limpo e os funcionários são bastante educados. Espero que continue assim”, disse a autônoma Lorna Correa de Aquino, 40 anos. Ela foi levar o neto Jeovane da Silva de três anos para fazer o exame de raio X.

A dona de casa Kelly da Penha, 32 anos também se disse satisfeita em ser atendida na unidade hospitalar. “Aguardei apenas uma semana para fazer um exame de Raio X. Foi bem mais rápido que o atendimento que tinha antes na Zona Leste”, disse a moradora do bairro Tancredo Neves.

O Hospital e Pronto Socorro Delphina Rinaldi Abdel Aziz fica localizado à Avenida Torquato Tapajós, s/n, Colônia Terra Nova, Zona Norte de Manaus. O horário de funcionamento dos Prontos Socorros adulto e infantil é de 24 horas. Já o Centro de Diagnóstico funciona das 6h às 21h.

Roberto Brasil