Festival Desportivo reúne 400 atletas e coloca em evidência os novos talentos do Amazonas

By -

_ASL5549

_ASL5553

_ASL5396

Reunindo uma média de 400 atletas na Vila Olímpica de Manaus, na manhã deste sábado, dia 21, o Festival Desportivo de Modalidades Olímpicas foi um sucesso. O evento proporcionou a primeira competição de muitas crianças e jovens que integram a Escolinha de Iniciação Esportiva da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) e colocou em evidência os novos talentos.

_ASL5187

O Festival iniciou com a apresentação da Ginástica Rítmica, que deu show ao som do musical “Família Addams”. Uma das ginásticas que compôs a equipe foi Maria Eduarda Sevalho, que tem aulas dias de terça e quinta, na Vila. “Eu gostei muito da apresentação. Estava nervosa, mas foi tudo muito bonito. Nossa equipe se preparou bastante”, disse ela, ao informar que a maquiagem foi feita pela mãe, Michele Barroso.

_ASL5226

Diante da desenvoltura da filha, Michele ainda destacou que Maria Eduarda entrou este ano para a Escolinha e com quatro meses de prática, já é perceptível a mudança de comportamento da pequena. “Depois que ela começou a praticar a Ginástica aqui na Vila, ela ficou muito mais responsável e disciplinada. Não perde um treino e estava contando os dias para a apresentação. Foi tudo lindo”, ressaltou.

Quem também encheu a mãe de orgulho foi Matheus Farias, de 9 anos, filho da profissional de Educação Física, Marleide Borges. O jovem prodígio se destacou em duas provas no Atletismo, vencendo os 50 metros e o salto em distância.

_ASL5293

“Gosto muito de praticar esses esportes e me dedico para sempre melhorar, fazendo as aulas duas vezes na semana (terça e quinta), pela tarde. Não achei tão difícil a prova, pois eu estava bem preparado e gostei de ganhar”, contou Matheus, que está na quarta série de uma escola particular.

Outra atleta que fez bonito no Festival foi Arshyra Sarah Santiago, de 10 anos. Cravando mais de um metro no salto em distância, ela voou e deixou as cinco finalistas “comendo” areia. “É a minha primeira competição e quando crescer quero ser velocista e saltadora. Minha família me apoia e fiquei feliz com o resultado”, disse a jovem.

 Dança Comunitária

 Dando um banho de jovialidade, seu Djalma Sena, 71, também participou do Festival Desportivo e encarou o aulão de dança comunitária. Sacudindo o esqueleto, ele que já foi campeão estadual de dança em 1972, fez jus ao título e mostrou que continua um verdadeiro “pé de valsa”.

“Eu participo das aulas de dança três vezes na semana, segunda, quarta e sexta, e me sinto em casa aqui na Vila. É muito bom poder praticar a dança, eu adoro, e ela serve como aeróbico para a gente também, afastando doenças e mantendo a nossa qualidade de vida”, comentou o aposentado, acompanhado da filha Thalia Sena, portadora de síndrome de down, que também pratica a modalidade.

“Ela é minha companheira e adora vir dançar. A gente adora isso”, comentou.

Presente no evento, o secretário da Sejel Fabricio Lima, disse que ideia é promover mais festivais deste segmento e movimentar a Vila Olímpica, proporcionando também intercâmbio aos atletas. “Nosso objetivo é realizar mais eventos como esses, que prepararam nossos atletas e proporcionam experiência aos mesmos. Hoje tivemos torneios de Ginástica Rítmica, Vôlei, Basquete, Handebol, Tênis de Mesa, Futsal, Judô e Atletismo e o evento não poderia ter sido melhor”, destacou o titular da pasta.

 

 

 

Mario Dantas