Festival Amazonas de Ópera projeta Estado no cenário cultural internacional, diz governador David Almeida

By -

Para o governador David Almeida, o  Festival Amazonas de Ópera (FAO), é um dos principais responsáveis pela projeção cultural do Estado no cenário nacional e internacional da Cultura. Na noite deste domingo, 14 de maio, ele fez questão de prestigiar a primeira apresentação  da ópera Tannhäuser, composta pelo alemão Richard Wagner, umas das mais aguardadas do festival e que lotou o Teatro Amazonas.

“Toda a equipe da Secretaria de Estado de Cultura está de parabéns pela realização da vigésima edição do festival, que além de celebrar os 120 do nosso Teatro Amazonas, dá projeção cultural para a nossa região e ainda gera renda, com cerca de 350 artistas envolvidos diretamente na produção”, afirmou o governador.

De acordo com David Almeida, sua gestão já tem planos para desenvolver ainda mais a Cultura no Estado. “Temos propostas no âmbito cultural para a arte para que possamos dotar o Amazonas com programação de qualidade para as pessoas”, completou. 

Composta há mais de 170 anos, “Tannhäuser”, que tem  reapresentações programadas para os dias 17 e 20 de maio,  ganhou nova montagem no palco do Teatro Amazonas com direção musical e regência do renomado maestro Luiz Fernando Malheiro

O secretário de Estado de Cultura, Robério Braga, destacou a relação íntima entre o compositor alemão e o Teatro Amazonas. “Já é uma tradição amazonense apresentar nos Festivais uma ópera wagneriana, que tem um relativo nível de dificuldade, vencido com louvor pelos nossos Corpos Artísticos. Com isso, a nossa qualidade técnica sobe cada vez mais, e fazemos a cada ano um Festival maravilhoso, um orgulho para todos nós”, ressalta.

O espetáculo conta ainda com a participação da Orquestra Amazonas Filarmônica, do Grupo Vocal do Coral do Amazonas e do Coral do Amazonas. Integrantes do Balé Experimental do Corpo de Dança do Amazonas, do Balé Folclórico do Amazonas e do Corpo de Dança do Amazonas também participam da produção.

 

Mario Dantas