Feiras de produtos regionais da ADS garantem qualidade de vida e aumento na produção dos agricultores

By -

Plantar, colher e vender. Em quatro anos, a família do produtor rural, Adenilson Sena, passou por uma intensa transformação na qualidade de vida e no trabalho agrícola na comunidade Bela Vista, localizada na zona rural do município de Manacapuru (a 84 quilômetros de Manaus).  Ao fazer parte das feiras de produtos regionais da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS) do Governo do Amazonas, a família obteve crescimento na renda e consolidou um volume de produção de hortifrúti e hortaliças no Estado.

 

O trabalho no campo trouxe suas recompensas com o plantio das culturas agrícolas de mamão, maracujá e hortaliças. A produção conquistou espaço nas feiras da ADS na Escola Estadual Júlio Cesar de Morais Passos, e no Sumaúma Park Shopping, ambas no bairro Cidade Nova, zona Norte da capital. Nesse período, foi possível atrair investimentos para a aquisição de equipamentos e transportes para escoar os produtos, que são cultivados em quatro hectares que abrigam a moradia e o trabalho da família no município.

 

No terreno, saem as produções de três toneladas de mamão, semanalmente, duas toneladas de maracujá, ao mês, uma tonelada de quiabo, ao mês, e 600 quilos de maxixe ao mês. “Tudo eu tiro desse meu trabalho. É dele que comprei os equipamentos para melhorar minha produção, pago a faculdade da minha filha e consegui comprar uns patrimônios. Agradeço muito a Deus por essa oportunidade que temos com a ADS porque é da feira que tiramos nosso sustento e podemos ter uma vida mais digna”, explica Adenilson que trabalha, ao lado da esposa, Fátima e da filha Adreza Sena.  

 

Volume de produção – Entre 2014 e a primeira quinzena do mês maio deste ano, as Feiras de Produtos Regionais da ADS movimentaram mais de R$ 33 milhões e beneficiaram mais de 15 mil produtores rurais do Estado. A produção de Adenilson está inserida nesse cenário depois que conquistou espaço nas feiras da zona norte da capital. As feiras coordenadas pela ADS operam em cinco localizações da capital: na Feira da Agremiação de Subtenentes e Sargentos da Amazônia (Asa); na Polícia Militar (PM); no Clube dos Suboficiais e Sargentos da Aeronáutica (Cassam); na Escola Estadual Júlio Cesar de Morais Passos (Cidade Nova) e no Shopping Sumaúma.

 

De acordo com o presidente da ADS, Lissandro Breval, as feiras de produtos regionais beneficiam a comunidade como um todo. “Para os agricultores e para os produtores rurais do Amazonas, as feiras aumentam suas rendas, eliminando o papel do atravessador trazendo mais qualidade de vida para suas famílias e os consumidores adquirem produtos de maior qualidade o que melhora a alimentação de toda a família”, frisou Breval.

 

Expansão – A meta da família Sena é expandir a produção com a aquisição de um novo terreno de 25 hectares, onde devem cultivar outras culturas agrícolas. “Essa propriedade está em mata virgem e vamos ainda tirar licença ambiental para fazer os trabalhos. Mas lá vamos expandir nossos negócios com a plantação de laranja, tangerina e banana. É um benefício bom para nosso trabalho”, comentou Adenilson.

 

Mario Dantas