Exonerado: Thomaz Vasconcelos da Secretaria de Inteligência

By -
Thomaz Vasconcelos

Thomaz Vasconcelos

O assalto cinematográfico ocorrido na tarde da última segunda-feira no Banco Itaú, localizado na Avenida Brasil na Compensa, Zona Oeste de Manaus, foi o ápice para queda nesta quarta-feira do secretaria de Inteligência, Thomaz Vasconcelos, exonerado do cargo que ocupou por 8 anos pelo governador José Melo, que informou que três pessoas deverão ocupar a vaga na pasta. Ele ocupava a função na Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai) desde 2006, quando foi nomeado pelo então governador Eduardo Braga (PMDB).De acordo com José Melo, outro fator que contribuiu para a queda de Thomaz, foi o fato do secretário de inteligência não trabalhar de forma integrada, de esconder informações e repassar ao sistema de segurança.

“Investimos na segurança e a Secretaria de Inteligência, tinha a obrigação de ter se antecipado na questão do assalto ao banco Itaú”, disparou o governador, descartando a ida do delegado Orlando Amaral, da Delegacia Especializada em Roubos Furtos de Defraudações. “O doutor Orlando tem feito um excelente trabalho na Roubos e Furtos e será mantido lá”, acrescentou.

José Melo disse que até o final desta quarta-feira estará divulgando os nomes de duas ou três pessoas que irão assumir no lugar de Thomaz Vasconcelos.

Desde 2006 na pasta

Thomaz Vasconcelos ocupava a função na Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai) desde 2006, quando foi nomeado pelo então governador Eduardo Braga (PMDB).

Mario Dantas