Ex-The Voice dos EUA é morta na frente de 60 crianças

By -
Christina Grimmie foi morta com vários quando participava de uma sessão de autógrafos

Christina Grimmie foi morta com vários quando participava de uma sessão de autógrafos

De acordo com uma reportagem do jornal “Mirror”, cerca de 60 crianças assistiram ao momento em que a cantora e ex-participante do “The voice” norte-americano Christina Grimmie foi assassinada. Ela participava de uma sessão de autógrafos em Orlando, na Flórida, na sexta-feira, quando um homem com duas pistolas entrou disparando.

A jovem de 22 anos foi atingida pelos tiros, chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Uma testemunha revelou que o atentado foi muito rápido. Foram cinco disparos, que causou um tumulto no local. Logo em seguida, era possível ver a cantora estendida no chão.

Segundo a agência de notícias “Reuters”, Christina estava dando autógrafos com membros da banda Before You Exit, com quem havia se apresentado mais cedo, quando um homem armado abriu fogo antes de que o irmão da cantora o detivesse no local de shows Plaza Live, segundo informou a polícia de Orlando no Twitter.

Christina Grimmie ficou em terceiro lugar na temporada de 2014 do programa, um concurso de música transmitido pela rede NBC. “Nós estamos arrasados”, declarou em sua conta no Twitter o programa The Voice.

A identidade do atirador ainda não foi revelada pela polícia americana. Ele se matou logo em seguida. O crime chocante aconteceu uma semana após uma série de artistas iniciarem uma campanha para controle de armas no país. Personalidades adotaram a cor laranja em memória daqueles que perderam suas vidas para a violência.

Em sua última entrevista, Christina falou com entusiasmo sobre o futuro. Ela planejava lançar um novo álbum. Sobre os próximos passos, ela respondeu: “Tem tanta coisa nova, música incrível chegando”. Ainda não foi divulgado informações sobre velório e enterro da artista.

(Com Agência O Globo)

Roberto Brasil