Ex-seringueiro pode ser o homem mais velho do mundo

By -
Ex-seringueiro nasceu em 10 de março de 1884 em Meruoca (CE) e mora hoje no interior do Acre

Ex-seringueiro nasceu em 10 de março de 1884 em Meruoca (CE) e mora hoje no interior acreano

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Acre divulgou esta semana a história do ex-seringueiro José Coelho de Souza, que teria 131 anos. Segundo a certidão de nascimento, ele nasceu em 10 de março de 1884, na cidade de Meruoca (CE). Morador da comunidade Estirão do Alcântara, a 30 minutos de barco de Sena Madureira (AC), Souza teve que comprovar que ainda estava vivo para continuar recebendo a aposentadoria.  

Quando foi feita a visita do INSS à casa do aposentado, ele teria 129 anos, porém, a história só repercutiu após uma postagem do gerente da agência central do INSS em Rio Branco, Kennedy Afonso, em sua página pessoal no Facebook.

“Os órgãos de controle externo cobram a comprovação de vida de pessoas seguradas com mais de 90 anos. Antigamente, as pessoas precisavam ir nas agências para essa atualização, mas agora o INSS faz isso e acabamos encontrando Souza. Um servidor de Sena Madureira foi no local e comprovou que ele ainda está vivo”, explica.

ex-seringueiro+velho-do-mundo-3Mulher 69 anos mais nova

A filha do aposentado, Cirlene Souza, de 30 anos, não só confirmou que o pai ainda está vivo, como também lembrou que quando ela nasceu ele já tinha 101 anos. Pai de três filhos, ele mora com a esposa de 62 anos e uma neta de 16 anos, que cria como filha.

“Tem dias que ele está lúcido, mas outros não reconhece nem mesmo os filhos. Ele era muito pequeno quando veio para o Acre, veio trabalhar na extração de borracha em uma colocação acima de Sena Madureira. Ele está com a minha mãe há mais de 40 anos e hoje depende da gente para tudo”, conta a filha.

Questionada se muita gente duvida da idade do aposentado, ela diz que a desconfiança, por vezes, chega até a ser ofensiva.”A gente ouve de tudo. Tem gente que critica, que diz que a gente está mentindo, outros admiram o fato dele viver tanto. Às vezes ofende porque está tudo registrado, os documentos dele já passaram por perícia para saber se eram falsificados e nada de anormal foi encontrado. Está tudo registrado em cartório e fórum”, destaca.

ex-seringueiro+velho-do-mundo-2Há seis anos, segundo Cirlene, o pai teve um AVC e, por isso, não se locomove mais sem a ajuda de outras pessoas. A filha também conta que Souza já não escuta mais. “Tem muitos cuidados especiais, ele só se movimenta se a gente fizer isso por ele. Todo o tratamento que ele precisa é a gente que tem que fazer”, conta.

Cirlene diz ainda que José Souza se alimenta três vezes ao dia e tem preferência por arroz, peixe e carne. “Carne é a comida preferida dele. Só não gosta de feijão”, diz. *G1 Conteúdo 

Roberto Brasil