Ex-presidente da Catalunha se entrega na Bélgica

By -

Carles Puigdemont se entregou com quatro ex-conselheiros do seu governo

A Promotoria de Bruxelas confirmou hoje (5), em entrevista coletiva, que o ex-presidente da Catalunha Carles Puigdemont e quatro ex-conselheiros se entregaram à polícia na capital belga. As informações são da agência espanhola de notícias EFE.

Puigdemont viajou para a Bélgica pouco após Madri tomar o controle do governo regional da Catalunha. Ele é acusado de diversas ações ligadas ao movimento pró-secessão, incluindo rebelião,  uso indevido de recursos públicos, desobediência e violação de confiança em relação à campanha separatista.

Carlos Puigdemont e quatro ex-conselheiros comparecerão hoje perante o juiz de instrução, que terá 24 horas para tomar uma decisão, segundo informou o porta-voz da Promotoria de Bruxelas, Guilles de Dejemeppe.

Todos eles se apresentaram à  Polícia Federal de Bruxelas às 9h17 (horário  local, 6h17 em Brasília) de hoje, e o juiz terá que tomar uma decisão desse mesmo horário de amanhã.

Agora, os cinco estão na sede da Promotoria de Bruxelas e o juiz de instrução pode rejeitar a euro-ordem, libertá-los sob certas condições ou impor uma prisão preventiva.

Caso o juiz de instrução considere que não deve libertá-los, serão conduzidos à prisão.

A promotoria estava em contato com os advogados, os quais convidaram seus clientes a se entregarem em uma delegacia de Bruxelas. Eles “respeitaram” o convite, afirmou Dejemeppe. / Fonte: Agência Brasil/Reuters

Roberto Brasil