“Eu estudei. Eis a razão do meu sucesso”, José Melo

By -
José Melo espera que os pais também cumpram a sua parte em ver seus filhos vitoriosos através da educação

José Melo espera que os pais também cumpram a sua parte em ver seus filhos vitoriosos através da educação

Da Redação – O vice governador José Melo falou com exclusividade ao BLOGdaFLORESTA durante a inauguração da Escola Estadual Eldah Bitton, na Compensa 3, ocorrida nesta terça-feira (11). Nessa rápida entrevista, Melo fala da importância de uma boa educação na vida das pessoas, bem como de alguns compromissos importantes na atual administração Omar Aziz.

BLOGdaFLORESTA: Além da educação, quais foram as outras prioridades desse governo que o senhor destacaria?

José Melo: “A educação é a prioridade das prioridades, mas no governo Omar Aziz temos outros compromissos também importantes. Na questão da segurança pública, por exemplo, foi o governo que proporcionalmente mais investiu em segurança pública. Além de investir, criou também um sistema que está dando certo e faltava no esquema de segurança para uma polícia mais proativa, mais perto da população, mais presente: o Ronda no Bairro.  A outra prioridade nossa foi a produção rural. O Amazonas deu um salto enorme nos últimos três anos em relação a produção rural. Se há vinte anos atrás nos comprávamos tomate, cheiro-verde, cebolinha lá do sul do país, hoje nossas feiras estão abastecidas com produtos vindos do nosso campo, produzido por nosso caboclo do interior. Isso tudo fruto de política públicas que deram certo”.

"É importante dizer que tudo isso aqui é apenas uma parte. A outra parte é a que se refere à família", disse

“É importante dizer que tudo isso aqui é apenas uma parte. A outra parte é a que se refere à família”, disse

BLOGdaFLORESTA: Vice governador, a Escola Estadual Eldah Bitton Telles da Rocha foi inaugurada há 22 anos, período em que o senhor foi secretário de Educação. O que mudou de lá para cá?

José Melo: “Na verdade essa escola foi construída durante o governo de Vivaldo Frota, quando eu fui secretário de Educação pela primeira vez. Agora, ela foi completamente repaginada. É uma escola no padrão das escolas de tempo integral. Além de ter uma ambiência física extremamente adequada para o ensino regular das disciplinas foi acrescido aqui também todo aparato de esporte e lazer que a escolas de tempo integral têm. Portanto, ela vira uma escola especial, uma escola com uma estrutura fantástica. Agora os professores e alunos terão aqui dentro um ambiente adequado para aprenderem e lá na frente tornarem-se vitoriosos”.

"Comecei a estudar muito tarde e estou aqui vice governador. Por que? Porque eu estudei", lembra

“Comecei a estudar muito tarde e estou aqui vice governador. Por que? Porque eu estudei”, lembra

BLOGdaFLORESTA: O Governo do Amazonas investiu quase de R$ 5 milhões na recuperação dessa escola, assim como também o orçamento deste ano destina R$ 90 milhões para obras em outras 38 unidades em 21 municípios. Apenas isso é o suficiente para garantir uma educação de qualidade?

José Melo: “É importante dizer que tudo isso aqui é apenas uma parte. A outra parte é a que se refere à família. Os pais precisam cumprir seu papel não só de mandar seus meninos para a escola todos os dias, mas ao retornarem para casa cada um deles tem que estudar, pelo menos, duas horas por dia. O pai que não fizer isso estará contribuindo pelo insucesso de seu filho no futuro. Portanto, a educação, que é o bem mais precioso que a sociedade pode dar aos seus filhos, só acontece quando o governo cumpre sua parte (nos estamos cumprindo). Quando os professores cumprem sua parte (os professores vão cumprir) e quando a família cumpre também a sua parte. Ao fazer isso, posso garantir que essa criança está fadada a ter o sucesso”, enfatizou.

"A educação é a prioridade das prioridades, mas no governo Omar Aziz temos outros compromissos também importantes", frisou

“A educação é a prioridade das prioridades, mas no governo Omar Aziz temos outros compromissos também importantes”, frisou

BLOGdaFLORESTA: Então, por mais que a realidade pareça uma barreira intransponível devemos acreditar que podemos mudar nosso destino?

José Melo: “Eu mesmo sou um exemplo disso. Meu pai lá no seringal, longe. Comecei a estudar muito tarde e estou aqui vice governador. Por que? Porque eu estudei. Tinha boa escola. Meus professores eram bons professores. Mas a minha mãe me colocava pra estudar todo dia, fosse que dia fosse (sábado, domingo, etc). Eis a razão do meu sucesso. Espero que os pais também cumpram a sua parte, pois a certeza o maior sonho de cada um deles é ver um dia seus filhos vitoriosos”./// Roberto Brasil – Fotos: Áida Fernandes

Redação