Estudo para rastreio de genes em portadores de câncer colorretal será apresentado em congresso

By -

pam amA 3a edição do Congresso Pan Amazônico de Oncologia, promovido pela Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), entre os dias 11 e 14 deste mês, no Hotel InterCity Premium Manaus – rua Marciano Armond, Adrianópolis, zona Centro-sul -, trará novidades práticas e científicas, como a apresentação de estudos de casos e pesquisas oncológicas no Brasil, além de novas técnicas de tratamento nos mais diversos campos. De acordo com o diretor-presidente da Fundação, pneumologista Edson de Oliveira Andrade, as inscrições podem ser feitas no local do evento, restando apenas 100 vagas disponíveis. A programação completa está no site www.panamazonicodeoncologia.com.br .

O congresso agrega três outras atividades, que acontecerão simultaneamente: o I Workshop de Radiologia, o III Congresso de Enfermagem da Região e o I Congresso Multidisciplinar de Oncologia em Cabeça e Pescoço. São cerca de 140 opções, entre palestras, mesas redondas, apresentações orais de resultados de pesquisas, entre outros, e tendo como público-alvo profissionais e acadêmicos da área da saúde. Os preços praticados nos dias do evento serão promocionais.

Colorretal

Um trabalho tratado como ‘o ponta pé inicial´ para o estudo dos genes relacionados ao câncer de colorretal em pacientes da região será apresentado na ocasião. A análise partiu de casos tratados na FCecon, unidade vinculada à Secretaria de Estado de Saúde (Susam) que está à frente do evento.

O estudo sobre câncer colorretal é tem os seguintes autores: Fabiana Greyce Oliveira Almeida, Priscila Ferreira de Aquino, Afonso Duarte Leão de Souza, Antonia Queiroz Lima de Souza, Sonia do Carmo Vinhote, Thaís Messias, Marcelo Soares da Mota Silva, Sidney Raimundo Silva Chalub, Juliana de Saldanha da Gama Fischer, Paulo Costa Carvalho e Maria da Glória da Costa Carvalho.

Com o título “Padrões de metilação de DNA em pacientes portadores de câncer de colorretal em Manaus, Brasil”, a pesquisa concluiu que pessoas portadoras de quatro tipos de genes específicos, têm maior probabilidade de desenvolver a doença, frisou o especialista em tumores digestivos da FCecon, cirurgião Sidney Chalub. De acordo com ele, o estudo foi desenvolvido em parceria coma Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Paic

Outros trabalhos cujas apresentações estão programadas para o Pan Amazônico foram premiados durante a Semana Científica da FCecon, e elaborados no âmbito do Programa de Apoio à Iniciação Científica (Paic), que recebe o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Amazonas (Fapeam). São quatro no total e um deles aponta a desinformação das mulheres amazonenses sobre os fatores de risco do câncer de colo uterino, o mais incidente entre a população feminina do estado. O objetivo do trabalho é mostrar a importância da informação e da orientação sobre a prevenção e o diagnóstico precoce da doença.

De acordo com a diretora de Ensino e Pesquisa da FCecon, Dra Kátia Luz Torres, além das atividades, oito stands situados no hall do hotel farão a exposição de produtos de saúde. Um deles fará o lançamento oficial dos kits de autocoleta de preventivos, testados em mulheres no município de Coari de forma pioneira e que facilita às mulheres a realização do exame que pode detectar a presença do HPV e, consequentemente, contribuir com a prevenção do câncer de colo uterino.

Segundo Kátia Torres, o estudo fez parte da dissertação de mestrado da aluna da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Josiane Montanho Mariño, desenvolvido em parceria com a FCecon. “Apresentamos o resultado no Congresso Internacional de HPV, em Lisboa, no mês de setembro, e fomos premiados como o melhor trabalho de apresentação oral dos países de língua portuguesa”, comentou.

Roberto Brasil