Estudantes do Cacau Pirera participam de campanha estadual de combate às queimadas

By -

estudantes-cacau-pirera-combate-incendio 1O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) e a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) realizaram mais uma ação de cidadania ambiental na manhã desta sexta-feira (12), no distrito do Cacau Pirera, no município de Iranduba (a 27km de Manaus), com palestra voltada para alunos de escolas públicas, brigadistas de incêndio, integrantes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil.

O foco é disseminar a campanha “Diga não ao fogo – Você também é responsável” para os agentes multiplicadores no interior do Amazonas. As palestras foram feitas pelo analista ambiental do Ipaam Fidel Castelo Branco e pela técnica da Sema Edilene Neri de Souza.

estudantes-cacau-pirera-combate-incendio 2A secretária de Meio Ambiente de Iranduba, Antonia Madalena Rodrigues, reuniu a população local e destacou a participação de todos. “É uma ação muito importante. Para a gente começar a dar estes hábitos temos que trabalhar com mos atores que temos em casa que são os adolescentes e as crianças. Juntos somos mais fortes”, enfatizou.

estudantes-cacau-pirera-combate-incendio 3Voluntários no combate às queimadas – Com um efetivo reduzido de 22 militares, o Corpo de Bombeiros realiza no município o trabalho de formação de brigadistas para somar forças no combate a queimadas na área rural e urbana, focos de calor vegetação e até incêndios de grandes proporções. Em 2015 foram formados 153 brigadistas, e em 2016 já chega a 83, com meta de chegar a 200.

Entre eles está o estudante Ronaldo Silva, de 14 anos, que enxerga a oportunidade de ser brigadista como um projeto para tirar crianças da rua, através da instrução e prática de esporte. “Eles são nosso braço direito. Trabalham numa escala de cinco brigadistas por dia auxiliando o nosso efetivo. É uma missão muito importante”, disse o sargento Edylton Gadelha, comandante de Corpo de Bombeiros.

estudantes-cacau-pirera-combate-incendio 4Os equipamentos utilizados no combate ao fogo, tais como abafadores, bomba costal, pinga-fogo e enxadas, foram doados pelo Ipaam à corporação para servir de auxílio aos brigadistas.

Roberto Brasil