Estudante do IFAM cria aparelho para monitorar energia elétrica

By -
A ideia é expandir o monitoramento para aparelhos domésticos também de 220 volts e não só de 127, segundo Marcus Vinicius

A ideia é expandir o monitoramento para aparelhos domésticos também de 220 volts e não só de 127, segundo Marcus Vinicius

Com o crescimento da quantidade de eletroeletrônicos em domicílios, o consumo de energia elétrica em residências tem aumentado bastante, gerando despesas altas nas contas no final do mês, principalmente no Brasil onde o consumo vem apresentando um ritmo de crescimento acelerado. Pensando em como economizar nos custos, o aluno Marcus Vinicius Melo, do Instituto Federal do Amazonas (IFAM), desenvolveu um protótipo capaz de monitorar o quanto será gasto em dinheiro.

Por meio de um sistema integrado de automação, Melo propõe medir consumo de energia elétrica em residências e economizar no final do mês. A ideia surgiu em 2015, após a crise hídrica na região Sudeste do país que ocasionou aumento nas bandeiras tarifárias. Inicialmente o projeto foi desenvolvido no âmbito do Programa de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio e Técnico (Pibic JR), com orientação do professor Carlos Ronaldo Cardoso, no ano passado. Atualmente, a proposta está vinculada ao Projeto de Conclusão do Curso Técnico (PCCT) do estudante, com supervisão do professor Marcos Rogério da Silva.

De acordo com o aluno que é finalista do curso técnico integrado em Eletrônica do Campus Manaus Distrito Industrial (CMDI), o projeto encontra-se em fase de aperfeiçoamento. “A ideia é expandir o monitoramento para aparelhos domésticos também de 220 volts e não só de 127, como é feito hoje”, explicou.

Outra melhoria que está sendo trabalhada é sobre o acesso remoto pela internet. “É uma maneira de monitorar os gastos, e assim que percebemos um alto consumo, poderemos desligar os equipamentos e posteriormente ligá-lo novamente, controlando as potências”, disse.

estudante-ifam-energia-eletrica-2O projeto tem a previsão de ser finalizado até dezembro deste ano, quando o aluno finalizará o PCCT e realizará defesa.

Funcionamento do aparelho

Um sensor ligado à rede elétrica envia informações para uma placa inserida dentro do protótipo criado por Melo, que está programada para fazer os devidos cálculos e gerar o valor do consumo em reais para, em seguida, divulgar o gasto no display do aparelho.

Participação em eventos

Com o projeto, o aluno já participou da Feira Nordestina de Ciência e Tecnologia (Fenecit), realizada nos dias 27 de setembro a 1º de outubro de 2016, em Recife (PE), onde recebeu avaliações positivas sobre o desenvolvimento da ideia.

Ainda este ano, o projeto participou do I Workshop de Engenharia da Faculdade DeVry/Martha Falcão, no dia 28 de outubro, ocasião em que ganhou visibilidade na imprensa local, sendo pauta em jornal impresso e tv.

Roberto Brasil