Estado reúne com prefeitura de Parintins e bumbás para definir detalhes do Festival de 2017

By -

O Governo do Amazonas se reuniu com a Prefeitura e os bois-bumbás de Parintins para definir detalhes do Festival Folclórico de 2017, relativos à cessão de uso do Centro Cultural e Esportivo Amazonino Mendes – Bumbódromo e ao repasse de verbas para os bois-bumbás Caprichoso e Garantido.

O encontro na sede da Secretaria de Estado de Cultura aconteceu nesta terça-feira (13), e contou com a presença do secretário de Cultura, Robério Braga; do deputado estadual Sabá Reis (PR); do prefeito de Parintins, Bi Garcia; e dos dirigentes dos bois Caprichoso, Babá Tupinambá, e Garantido, Adelson Albuquerque.

No encontro, foi definido que o uso do Bumbódromo de Parintins será cedido às associações folclóricas dos bois-bumbás Caprichoso e Garantido, mediante habilitação em edital de cessão de uso do espaço, publicado pela Secretaria de Cultura.

Os dirigentes dos bumbás deverão ainda assinar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), em conjunto com a Prefeitura de Parintins, assumindo a responsabilidade pelo espaço.

Com relação ao patrocínio, ficou definido que Caprichoso e Garantido deverão receber R$ 3 milhões do Governo do Estado – R$ 1,5 milhão para cada bumbá – via Termo de Colaboração entre as associações folclóricas e a Secretaria de Cultura.

O Governo do Amazonas deverá investir outros R$ 2 milhões na infraestrutura e na logística do evento, para articulação e viabilização da oferta de serviços institucionais nas áreas de saúde, segurança e trânsito. 

Andamento – Os dirigentes dos bois-bumbás se disseram satisfeitos com o andamento das ações para a realização do Festival Folclórico. “Ficamos felizes em ver que temos o apoio de todas as autoridades, em especial do Governo do Amazonas, via Secretaria de Cultura, e da Prefeitura de Parintins”, declarou Babá.

“Não tenho dúvida de que, com todos os órgãos empenhados em resolver a questão do apoio financeiro, tudo vai se concretizar para termos um grande Festival esse ano”, emendou Adelson.

Em paralelo às negociações, Caprichoso e Garantido seguem em frente com os trabalhos para o Festival 2017. “Temos 80% pronto até agora, e muita coisa ainda a fazer. O valor do convênio será para pagar mão de obra e alguns débitos do boi”, explicou o dirigente do Azul.

Já o presidente do Boi Vermelho declarou ter 90% da estrutura do bumbá pronta para o Festival. “Estamos finalizando outras etapas para ter até 100% concluído até o dia 24”, informou.

Roberto Brasil