Estado pretende investir R$ 112 milhões na produção do açaí, banana e cítricos até 2018

By -

13-04-2016-Fotos Roberto Carlos Debates da Nova Matriz Econômica Ambiental (3)

Investimentos da ordem de R$ 112 milhões para o fortalecimento da cadeia de produção de açaí, banana e frutas cítricas estão previstos pelo Governo do Estado até 2018. Esses recursos serão injetados na mecanização e aplicação de calcário nas áreas de cultivo da fruticultura e deverão beneficiar mais de 40 mil produtores. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira, 13 de abril, durante o segundo dia do encontro da Jornada de Desenvolvimento da nova Matriz Econômica Ambiental do Amazonas. 

13-04-2016-Fotos Roberto Carlos Debates da Nova Matriz Econômica Ambiental (7)

Durante os debates, a Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror) afirmou que a estimativa é que no período de dez anos os investimentos alcancem a marca de R$ 343 milhões, com a ampliação de 30 mil para 92 mil hectares o volume de área cultivada. Até 2018, a meta é fortalecer a produção de frutas como açaí, banana, mamão e abacaxi com atenção especial a agricultura familiar, agroindústrias e a atração de investimentos privados.

13-04-2016-Fotos Roberto Carlos Debates da Nova Matriz Econômica Ambiental (2)

 “É preciso melhorar a produção e que a gente possa levar o conhecimento, assistência técnica e produtores no manejo para obter ganhos de produção, aumento da produtividade e um bom trabalho de colheita e pós-colheita”, afirmou o titular da Sepror, Sidney Leite. 

Mario Dantas