Equipe paralímpica amazonense disputa Open Internacional de Atletismo e Natação

By -
Brendow é o mais novo lançador de dardos do Brasil

Brendow é o mais novo lançador de dardos do Brasil

A equipe paralímpica do Amazonas esteve reunida na sede da Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer e, durante a conversa, o Secretário Titular em Exercício, Ricardo Marrocos, entregou os bilhetes aéreos rumo ao Open Internacional de Atletismo e Natação, que ocorre nos dias 23, 24 e 25 de Abril, em São Paulo.

“Essa competição é muito importante para o nosso Estado. Sabemos da qualidade da nossa equipe e o esforço que cada um vez para se manter em alto nível. Desde já, desejo sorte para a equipe e antecipo que estamos na torcida”, declarou Ricardo Marrocos.

Compõem o time amazonense os atletas de baixa visão da classe F11 Dernival dos Santos, Brendow Christian e Cheine Araújo Pereira (integrante da categoria F12), no atletismo. O nadador Simplício Campos (da categoria F8), representa o Estado nas provas de natação.

Comandada pelo experiente Sérgio Nazareno, o Amazonas será bem representado também no arremesso de peso, uma vez que o segundo colocado no ranking nacional de arremesso, Dernival dos Santos também está confirmado na competição. Ele, inclusive, não esconde qual é o seu principal objetivo nesta temporada.

brendow-01“Estamos trabalhando forte para conquistar um resultado positivo no Open e consequentemente uma vaga no para pan-americano deste ano, que acontece em Toronto, no Canadá no mês de Julho”, afirmou Dernival dos Santos.

O lançador de dardo mais novo do país também é do Amazonas. Trata-se de Brendow Christian, que com apenas 19 anos, já tem no currículo o segundo lugar no ranking brasileiro.  Considerado pela delegação como o ‘mascote’ da equipe, o jovem fala de sua estreia em uma competição a nível internacional.

“O Open Internacional é muito importante porque marca a minha volta as competições e ao mesmo tempo, marca também a minha estreia. Estou motivado e espero conseguir a classificação”, declara o novato que volta a competir após duas lesões no ombro e joelho respectivamente.

BOLSA ATLETA

As motivações dos paratletas amazonenses não se limitam apenas a disputa dos Para Jogos Pan Americanos. Dependendo dos resultados, nossos representantes podem conquistar uma bolsa atleta internacional.

Brendow Christian, Cheine Pereira e Dernival dos Santos já recebem auxílio do governo federal e agora podem garantir o apoio por mais um ano.

Roberto Brasil