Ensaio de Marchinhas da Banda do Jaraqui

By -

ensaiomarchinhajaraqui-blogdafloresta01Da Redação – Na quinta feira (11), no Bar Jangadeiro, localizado na Rua Marquês de Santa Cruz, Centro de Manaus, foi realizado o ensaio para o II Festival de Marchinhas da Banda do Jaraqui para o carnaval 2016. Participaram cantores, compositores acompanhados pela banda Amigos do Som, no comando do maestro Mariolino Brito. No total, são 15 composições inscritas.

Publico e artistas dançaram ao som das marchinhas, muitas pessoas acompanham as atividades do Projeto Jaraqui como o caso de Joaquim Alencar, personagem do esporte que reconhece a importância de contar com espaços de critica como a tribuna popular que tem condenado aos políticos corruptos e destacou também os eventos culturais como o II Festival de Marchinhas onde os artistas a traves de suas composições mostram que a população esta cansada dos políticos.

ensaiomarchinhajaraqui-blogdafloresta02Segundo o coordenador do II Festival de Marchinhas da Banda do Jaraqui, Paulo Onofre, os finalistas terão suas músicas gravadas e cada um receberá 50 cds como incentivo, um júri composto de músicos, cantores, jornalistas e outros ira indicar o ganhador (1º lugar R$ 2.000, 2º lugar R$ 1.000 e o 3º lugar R$ 500). “Pese a crise estamos realizando mais uma versão do Festival de Marchinhas indo atrás dos patrocinadores, mas é importante o apoio da população para continuar”, salientou.

O autor da marchinha ‘Xinaik no Apê do Adail’, Américo Madrugada disse “é o segundo ano que participo e agora a letrae musica foi psicografada pelo compositor Nestor Nascimento e minha homenagem é ao Projeto Jaraqui, o tema é novidade dentro a corrupção local.

A artista e compositora Celestina Maria, apresenta a marchinha ‘Cartão Postal- que vergonha, cidade às moscas’ e disse “as músicas estão dentro o contexto solicitado e minha critica é de vergonha porque as praças como a Matriz do centro estão fechadas dando lugar à refugio de delinquentes e consumidores de droga e ao Prefeito de Manaus que apresenta este cartão postal aos turistas”. Na sua primeira participação, destacou ainda o Projeto Jaraqui por mostrar as contradições de nossa sociedade, as injustiças e ser contra os políticos corruptos.

ensaiomarchinhajaraqui-blogdafloresta04O compositor Pedro Bolado apresenta a marchinha ‘Lava Jato’ disse “assim como o resto do Brasil pensa que o Amazonas não existe ou é outro pais, eu quero lembrar ao Ministério Publico Federal (MPF) em especial que as mesmas empreiteiras que estão envolvidas no lava jato, fizeram obras aqui na região norte pelo dobro do preço. Também minha composição refere se ao crime da merenda escolar, as BR e outras roubalheiras”.

Secretarias de cultura não dão apoio

O compositor das marchinhas ‘Estou voltando’ e ‘Colarinho encardido’, Leo Santos disse “a primeira foi inspirada numa reportagem que vi, onde o Amazonino mostrava se saudável e vigoroso e o comentário era que iria voltar a ser candidato, a segunda marchinha refere se em geral aos políticos que de tanto roubar e tirar vantagem vestem um colarinho já encardido pelo uso”. Destacou o trabalho do Coordenador do II Festival de Marchinhas da Banda Jaraqui, Paulo Onofre por ser um guerreiro e procura parceiros e patrocinadores para continuar realizando este tipo de eventos que realçam o carnaval, a cultura não é apenas boi e as Secretarias de Culturas deviam compreender isto e atender com recursos, é parte de nossa cultura regional e assim se valoriza aos artistas também.

ensaiomarchinhajaraqui-blogdafloresta03O II Festival de Marchinha se realiza no próximo sábado (12), no Clube ao Mirante, bairro de Santo Antônio. Paulo Onofre convida a todos a participarem da feijoada que será servida no preço de R$ 20,00 para ajudar nas despensas. (Texto e Fotos: Mercedes Guzmán)

Roberto Brasil