Empresas de ônibus já registram mais de 2,6 mil assaltos em 2015

By -

assaltoDe janeiro à novembro de 2015, mais de 2,6 mil assaltos foram registrados pelas dez empresas que operam no transporte coletivo de Manaus, ou seja, uma média de 7 assaltos por dia. Até o último mês, as empresas contabilizaram um prejuízo de mais de R$ 424,8 mil.

De acordo com dados do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), durante todo o ano de 2014 as empresas registraram 691 assaltos, que gerou um prejuízo de R$ 235,4 mil. As regiões onde os crimes acontecem com mais frequência são as zonas Norte e Leste, onde concentram os maiores números usuários, cerca de 400 mil.

Para o presidente do Sinetram, Carmine Furletti, uma das alternativas para diminuir esse índice de crimes nos coletivos, é a utilização dos cartões Passafácil para o pagamento da tarifa.

“A partir do momento que conseguirmos diminuir o fluxo de dinheiro dentro dos coletivos, podemos reduzir consideravelmente esses números. O prejuízo não é só o financeiro, mas principalmente o psicológico dos colaboradores. O dinheiro que já foi perdido, até agora, dava para adquirir dois ônibus novos”, comentou Furletti.

Ainda de acordo com o presidente, em todos os casos os colaboradores são orientados a registrar o Boletim de Ocorrência (BO). A empresa cede as imagens das câmeras de segurança dos veículos para a polícia tentar identificar os infratores.

Atualmente as empresas do transporte coletivo de Manaus possuem 1,4 mil ônibus, que operam em 214 linhas. Aproximadamente 900 mil usuários são transportados por dia.

Roberto Brasil