Em três operações, Prefeitura contabiliza 31 demolições no conjunto João Bosco

By -

demolicao-joao-bosco1Em três operações de desobstrução e para a requalificação de áreas públicas no conjunto João Bosco, localizado na Torquato Tapajós, zona Norte, a Prefeitura de Manaus contabiliza 21 demolições administrações e 10 demolições voluntárias, realizadas em 13 blocos residenciais.

demolicao-joao-bosco2As maiores ações foram a derrubada de um muro no bloco 7, que avançava para o passeio, de um restaurante em área de circulação entre os blocos 2 e 4 e uma cobertura de garagem também no mesmo local. Os trabalhos foram realizados pelo Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb) com o apoio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e do Grupo de Operações Especiais (GOE)/Guarda Municipal. As ações continuarão nas próximas semanas, sempre às terças e quintas-feiras.

As últimas retiradas de gradis, extensão de cobertura para garagem, muretas e um restaurante ocorreram nos blocos de 1 a 5. A atuação, além das rotinas do órgão, também atende a sentença do Ministério Público, visando que o conjunto tenha restituído seu projeto original, conforme aprovado nos anos 80.

demolicao-joao-bosco3Desde 2007 existem notificações de obstrução e irregularidades que os proprietários ou locatários foram realizando nos pisos térreos, com construções, coberturas, garagens fachadas e toldos.

A ação segue com demolições de grande e médio porte, desde as retiradas de canis e gradis, a restaurantes e áreas de serviço. Os moradores têm recebido a operação com tranquilidade, já que a maioria recebeu mais de uma notificação para fazer a retirada e adequação voluntariamente.

demolicao-joao-bosco4Somando as três operações realizadas até o momento, foram demolidos sete muros, quatro garagens e 20 gradis, além de outras ocupações em área pública.

As demolições voluntárias foram nos blocos 27, 24, 23, 22, 19, 8, 3 e 1 e foram cumpridas pelos próprios moradores. No conjunto João Bosco, a Prefeitura de Manaus, por meio do Implurb, tem mais de 100 processos de irregularidades identificadas.

Roberto Brasil